TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Sob forte pressão, CEO do Twitter obtém apoio de membros do conselho de administração

Postado em: 06/01/2015, às 10:01 por Redação

Sob forte pressão dos acionistas nos últimos meses, frustrados com a sua gestão embaralhada e mensagens confusas, em meio ao baixo crescimento do número de usuários do Twitter, o CEO Dick Costolo obteve apoios importantes neste início de ano. O respeitado membro do Conselho de Administração Peter Currie, publicou um tuíte no qual expressa sua confiança nas habilidades do executivo para fazer a empresa crescer. Outro conselheiro e cofundador do Twitter, Evan Williams, também saiu em defesa da gestão do executivo.

Em seu tuíte, Currie, ex-executivo da Netscape que está no conselho do Twitter desde 2010, respondeu à declaração do comentarista de TV Jim Cramer, que disse, em tom de ironia, que iria abster-se de pedir a demissão de Costolo, como parte de suas resoluções de Ano-Novo, segundo do The Wall Street Journal.

O apoio vem num momento crucial, já que investidores proeminentes como Walter Price, da Allianz Global, e Bill Miller, da Legg Mason, recentemente expressaram preocupação com a direção da empresa e sobre a capacidade de liderança de Costolo.

Cramertem sido um críticoimplacável à gestão de Costolo, o qual descreveu o desempenho doexecutivoem uma teleconferênciacom analistasno início de novembrocomo "incoerente". No mês passado,observadores do mercado disseram que Costolonão durariamais um ano na empresa.

Em resposta às críticas a Costolo, Williams publicou um post no site da Medium, sua nova startup, falando sobre a compreensão limitada que muitos têm sobre o tamanho da empresa, bem como sobre o erro de compará-la com outras plataformas que não fazem parte do mesmo grupo de atuação. Ele abriu o post ressaltando as diferenças entre o Instagram e o Twitter — o Instagram atingiu recentemente 300 milhões de usuários ativos mensais, superando Twitter de 284 milhões, o que desencadeou uma série de manchetes na mídia ressaltando que o aplicativo de compartilhamento de fotos é agora maior que o Twitter.

Mesmo com esses apoios importantes à sua gestão, a pressão dos acionistas sobre Costolo para ampliar a base de usuários, reforçar o time e aumentar a receita com publicidade deve continuar. Resta saber até que ponto ele irá suportar.

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top