TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Empresas vão gastar quase US$ 4 trilhões com TI em 2018, segundo o Gartner

Postado em: 06/02/2018, às 19:46 por Redação

Projetos em negócios digitais, blockchain, internet das coisas (IoT) e o avanço do big data para algoritmos, aprendizado de máquina (Machine Learning) e para inteligência artificial (IA) serão os principais motores do aumento dos gastos das corporações com tecnologia da informação, setor que segundo o Gartner, consumirá US$ 3,7 trilhões dos orçamentos das empresas em todo o mundo.

O valor é 4,5% maior do que o investimento feito em 2017, de acordo com a pesquisa global feita pela consultoria. "O crescimento global das despesas de TI começou a mudar em 2017, com o crescimento contínuo esperado para os anos seguintes. No entanto, a incerteza surge quando as organizações consideram os potenciais impactos do Brexit (saída do Reino Unido da União Europeia), as flutuações cambiais e uma possível recessão global", diz John-David Lovelock, Vice-Presidente de Pesquisas do Gartner.

O software corporativo, como os ERPs, CRM, etc., continua apresentando um forte crescimento com as despesas mundiais projetadas para um crescimento de 9,5% em 2018, chegando a 8,4% em 2019, com um total de US$ 421 bilhões.

Espera-se que as organizações aumentem os gastos com sistemas de gestão corporativa em 2018, com uma parte do orçamento mudando para o modelo Software como Serviço (SaaS). A crescente disponibilidade de soluções baseadas em SaaS vai incentivar novas adoções e despesas em muitas subcategorias, tais como sistemas para gerenciamento financeiro, gerenciamento de capital humano e aplicações analíticas (Analytic Applications).

O segmento de devices deve crescer 5,6% em 2018. Em 2017, essa área teve um crescimento pela primeira vez em dois anos, com aumento de 5,7%. As despesas de usuários finais com telefones celulares deverão aumentar ligeiramente à medida que os preços médios de venda continuarem a crescer, mesmo considerando que as vendas unitárias serão mais baixas.

O crescimento de PC deverá ser estável em 2018, apesar da contínua migração para o Windows 10 que deve impulsionar os negócios em mercados como China, América Latina e Europa Oriental. O impacto do iPhone 8 e do iPhone X foi mínimo em 2017, como esperado. No entanto, as remessas de iOS (Sistema Operacional da Apple) deverão crescer 9,1% em 2018.

Tags: , , , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top