TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Para NTT, novos serviços não passam por telecomunicações

Postado em: 06/04/2006, às 19:23 por Samuel Possebon, de Las Vegas

A NTT DoCoMo é a maior operadora japonesa de telefonia móvel, com cerca de 56% de um mercado de 90 milhões de usuários. No Japão, onde a teledensidade móvel sobre a população total chega à casa dos 71%, serviços de terceira geração já existem desde 2001, ainda que só tenham decolado, segundo Masao Nakamura, presidente da NTT DoCoMo, depois de três anos.

Nakamura falou na abertura da CTIA Wireless, que acontece esta semana em Las Vegas. Hoje, 48% dos usuários da operadora têm serviços 3G, o que é um dos maiores percentuais do mundo.

Assim, a NTT DoCoMo começa a planejar a nova geração de serviços que ocuparão suas redes. Não estamos falando em conteúdos audiovisuais como tem sido o foco do mercado norte-americano ou brasileiro.

O que marca a nova geração de serviços no Japão são aqueles que, segundo Nakmura, nada têm a ver com telecomunicações. Na verdade, são serviços que muitas vezes utilizam a rede da empresa de telefonia, o que, obviamente, impõe uma ampliação de foco na forma de atuação da operadora. Esta nova geração de serviços está ligada ao estilo de vida dos usuários.

São ferramentas de identificação (por exemplo, o uso do celular como crachá), carteira eletrônica para pagamentos bancários, ferramentas de reservas e compra de bilhetes, substituição do cartão de crédito pelo handset, chaves eletrônicas para acesso a veículos, domicílios, escritórios ou para acesso a arquivos de computador. "São aplicações que muitas vezes estão no handset, não na nossa rede", diz Nakamura, destacando que a empresa pretende, agora, começar a ganhar dinheiro com a venda a crédito.

Ou seja, para poder explorar o aparelho de celular como uma forma de cartão para crédito ou débito, a operadora precisa estar envolvida na parte econômica, sendo ela a própria administradora da venda. Hoje, existem no Japão cerca de 10 milhões de usuários prontos para aplicações de pagamento (carteira virtual, ou e-wallet), dos quais 30% são usados constantemente para esse fim.

Há ainda 6 mil estabelecimentos comerciais que já fazem transações financeiras pelo celular.
A operadora pretende aumentar progressivamente a velocidade de acesso em sua rede. Este ano, a NTT DoCoMo coloca a rede HSDPA em operação, e em seguida inicia serviços com a plataforma HSUPA (para acelerar a velocidade de upstream). A expectativa é que em 2011 a empresa já tenha velocidades compatíveis com serviços 4G.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top