TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

CPI da Pedofilia ouvirá Microsoft, MSN/Hotmail, Facebook e Beboo

Postado em: 07/08/2008, às 17:06 por Redação

Em reunião realizada nesta quinta-feira, 7, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia aprovou o plano de trabalho para o segundo semestre, incluindo audiências públicas com dirigentes da Microsoft e do portal MSN/Hotmail no Brasil, além de representantes dos sites de relacionamento Facebook e Beboo. Também foram aprovadas datas para tomada de depoimentos de envolvidos em denúncias de pedofilia e para audiências com autoridades ligadas à proteção dos direitos humanos, da Coordenação Geral de Polícia Criminal Internacional (Interpol) e do Ministério Público, entre outras.

Na próxima terça-feira, 12, serão ouvidos pela CPI Alexsander Ladislau e Silas Cabral, ambos citados em depoimentos de envolvidos na Operação Arcanjo, deflagrada em Roraima para investigar denúncias de abuso sexual contra crianças naquele estado. Na terça seguinte, 19, a CPI realizará audiência pública com Osvaldo Barbosa de Oliveira, diretor-geral do MSN/Hotmail no Brasil, Eduardo Fumes Parajo, presidente da Associação Brasileira de Provedores Internet (Abranet), e representantes do Facebook e do Beboo. Os senadores buscarão, no debate, formas de cooperação para reprimir o uso da Internet para a prática da pedofilia.

No dia 2 de setembro, está agendada audiência pública com a participação do secretário especial de Direitos Humanos da Presidência da República, Paulo de Tarso Vannuchi. Também foram convidados para o debate Carmem Silveira de Oliveira, subsecretária de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente; Laila Paiva, coordenadora do Programa de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes; e Ana Maria Drummond, representante do Instituto WCF-Brasil.

Ainda em setembro, a CPI ouvirá, no dia 11, o economista José Carlos Jacob de Carvalho. Ex-assessor do Senado e do Banco Central, ele é acusado de divulgar imagens de pornografia infantil pela rede mundial de computadores. No dia 16, serão ouvidos Amarildo Mullinare e Joster Alves, radialistas de Niquelândia (GO) que deverão falar sobre um caso de abuso sexual investigado naquela cidade.

No dia 25, falam à Comissão Parlamentar de Inquérito da Pedofilia Jorge Barbosa Pontes, chefe da Interpol; José Carlos Cosenzo, presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp); e Marfran Martins Vieira, presidente do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União; além de um representante da Receita Federal.

Para aprofundar aspectos técnicos do combate à pedofilia e do atendimento às vítimas de abuso sexual, os senadores realizam, no dia 6 de novembro, audiência com os psicólogos Vicente Faleiros, pesquisador da Universidade de Brasília (UnB), e Viviane dos Santos, coordenadora da Vara da Infância e da Juventude do Distrito Federal.

Com informações da Agência Senado.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top