TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Hospital Português da Bahia se torna referência internacional em gestão

Postado em: 07/10/2011, às 15:22 por Redação

Após cinco anos da implantação dos sistemas de gestão e do prontuário eletrônico de pacientes (PEP), o Hospital Português da Bahia, já desponta como referência internacional na automação de processos na área da saúde. Entidades internacionais, órgãos oficiais de saúde da África do Sul, administradores do Hospital Militar do Chile e representantes de hospitais associados à ANAHP, são exemplos de instituições que já conheceram de perto o projeto.

“Estamos sendo procurados por entidades de saúde interessadas em compartilhar conhecimentos para promover melhorias em seus processos internos. Os hospitais públicos e privados também já estão se mobilizando no sentido de promover a atuação da tecnologia para a gestão hospitalar e cuidados com o paciente”, revela o gerente técnico do Hospital Português, o médico Álvaro Nonato.

O Hospital Português da Bahia é uma instituição filantrópica, de grande porte, que conta com cerca de 300 leitos normais e mais 80 leitos instalados no prédio mais novo do complexo, voltados ao atendimento materno-infantil, além de day-hospital. Em paralelo à projeção internacional, a instituição baiana está fazendo atualizações e adquirindo novos serviços para melhorar o atendimento dos pacientes e facilitar a gestão do complexo de saúde.

Todo o projeto começou a ser estruturado em 2006, quando o hospital adotou o sistema TrakCare, da Intersystems, com o objetivo de apresentar diferenciais competitivos no setor de saúde no Brasil, após substituir os prontuários de pacientes em papel pelo sistema de Prontuário Eletrônico do Paciente.

Segundo o presidente do Hospital, Armindo Carvalho, foi feito uma pesquisa de mercado para saber qual sistema se adequaria melhor aos serviços que op hospital necessitava “A TrakHealth, empresa do grupo InterSystems, foi a que ofereceu a melhor visão estratégica que abordasse não só o prontuário eletrônico como também oferecesse um panorama geral do hospital para os gestores, e buscávamos, à época, um sistema com esse perfil, com tecnologia de ponta e completa para atender a todos”, diz.

Entre as vantagens destacadas pelo executivo está a sinergia alcançada entre médicos e enfermeiros, o controle de qualidade e uma ação global com planejamento. A solução TrakCare funciona como um conjunto de módulos que provê todas as informações clínico-administrativas, e foi o primeiro sistema integrado de gestão implantado na região Norte e Nordeste do país, segundo ele.

Entre os módulos utilizados pelo hospital estão o módulo de agendamento do Centro Cirúrgico e agendamento de exames – que automatiza a administração das salas/horários, as agendas médicas, os equipamentos, os materiais e as listas de espera, interagindo com a admissão, uma vez que a pré-admissão do paciente a ser internado já é gerada automaticamente. O módulo de controle de autorizações possibilita o gerenciamento de todas as solicitações de autorização, entre o hospital e o convênio, incluindo a liberação das diárias iniciais, a autorização de procedimentos, OPMS (órteses, próteses e materiais especiais), controle de prorrogação de diárias, etc.

O módulo de admissão faz todo o processo de pré-admissão, admissão, requisição interna de leito entre as unidades do hospital e o gerenciamento de leitos são realizados pelo sistema. O mapa de leito de cada unidade fica disponível para todas as áreas do hospital, sendo possível identificar o leito que está ocupado, reservado para pré-admissão ou movimentação interna de paciente, em higienização, bloqueado por motivos especiais ou em manutenção. Já o módulo de acompanhamento do paciente oferece todas as funcionalidades para o acompanhamento do paciente, desde a entrada de dados da anamnese, o exame físico, a prescrição interligada diretamente com a Farmácia, a evolução até a alta. Ao mesmo tempo, permite o acesso aos dados clínicos e assistenciais.

Com o módulo de segurança e padronização para a enfermagem, o Hospital Português da Bahia ganhou agilidade no processo de triagem, o acesso on-line ao Nanda (North American Nursing Diagnosis Association), a prescrição dos cuidados de forma padronizada e sistematizada, o aprazamento automático, com possibilidade de ajustes, a checagem via Palm com total segurança, reduzindo ao mínimo o erro na administração de medicamentos, e a coleta de dados vitais e do balanço hídrico via Palm, dentre outras funcionalidades. Também está em operação o módulo específico para laboratório, com todas as funções de laboratório clínico, desde o pedido do exame, coleta, análise, liberação de resultados on-line, com avaliação de consistência, interfaceamento de equipamentos até o controle da qualidade, estão disponíveis.

Na opinião de Carlos Gomes, vice-presidente do Hospital Português, a solução da TrakCare permite ao hospital acumular diferenciais competitivos no setor de saúde brasileiro. “Fomos os primeiros do Brasil com adesão de 100% do corpo clínico ao prontuário eletrônico. Os médicos utilizam o sistema em todas as unidades abertas e fechadas, inclusive para a prescrição”, comemora. Gomes informa que ao longo dos cinco anos de operação do sistema foram necessárias adaptações no data center para acomodar a demanda de armazenamento das informações dos pacientes.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top