TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Polycom encerra negociações com Mitel e acerta sua venda ao fundo Siris Capital Group

Postado em: 08/07/2016, às 16:21 por Redação

A americana Polycom anunciou nesta sexta-feira, 8, que encerrou as negociações exclusivas que vinha mantendo para ser adquirida pela canadense Mitel. O fracasso da fusão entre as duas empresas, que buscavam criar um gigante no segmento de soluções de comunicações unificadas, pegou o mercado de surpresa, pois tanto os acionistas da Mitel quanto da Polycom já haviam aprovado a proposta da fornecedora canadense.

Além disso, a transação já tinha recebido também o sinal verde do Comitê de Investimentos Estrangeiros dos Estados Unidos (CFIUS, na sigla em inglês), das autoridades reguladoras antitruste da Alemanha e da Rússia, bem como o reconhecimento da eficácia da declaração de registro da Mitel no Formulário S-4.

Conforme os termos do acordo firmado em abril, os acionistas da Polycom iriam receber US$ 3,12 em dinheiro e 1,31 ação da Mitel para cada ação da Polycom, o que perfazia um total de US$ 12,50 por ação da empresa americana, ou seja, um prêmio de cerca de 15% sobre o preço de fechamento de suas ações da empresa no dia 5 de abril, que foi de US$ 10,84. Entretanto, logo após o anúncio do negócio os papéis da Polycom passaram a valer US$ 13,44 a ação. Agora, com o término das negociações a Polycom terá de pagar US$ 60 milhões à Mitel como taxa de rescisão.

Ao mesmo tempo em que anunciou o rompimento do acordo com a fornecedora canadense, a Polycom divulgou que concordou em ser adquirida pelo fundo de private equity Siris Capital Group LLC. Em comunicado, a empresa disse que a Siris Capital vai pagar os mesmos US$ 12,50 por ação propostos pela Mitel, o que perfaz cerca de US$ 2 bilhões, incluindo a dívida.

Mercado reage bem

O término das negociações entre a Polycom e Mitel, contudo, parece ter sido bem recebido por Wall Street. As ações Polycom abriram o pregão pré-market da Nasdaq em alta de 13,1%, valendo US$ 12,30, mas no decorrer do pregão normal registraram ligeira queda, para US$ 12,27 às 15h36 (horário de Brasília), mesmo assim uma alta de 12,83%. Já as ações da Mitel aumentaram 22%, para US$ 7,32 na negociação pré-market, mas depois também recuaram, para US$ 7,09 no pregão tradicional, com alta de 17,85%. As ações da Mitel valiam US$ 7,88 antes do anúncio do acordo de compra da Polycom.

Em um comunicado nesta sexta-feira, a Mitel se disse desapontada com o rompimento do acordo pela Polycom, mas que o pedido de renegociação do contrato existente entre elas não atendia ao "melhor interesse dos acionistas da Mitel". Em maio, a Polycom revelou que havia recebido oferta de um fundo de private equity, mas não revelou o nome. Na quinta-feira, 7, ela recebeu uma oferta superior, mas a Mitel se recusou a renegociar o acordo.

A Polycom anunciou o cancelando asembleia especial de acionistas que estaava marcada para este mês. O acordo com Siris Capital está sujeito às aprovações regulamentares de praxe, a aprovação dos acionistas e outras condições habituais de fechamento. A previsão é que o negócio seja concluído ainda neste terceiro trimestre. Com informações de agências de notícias internacionais.

Tags: , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top