TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Ford vai lançar carro com capacidade de "ouvir e conversar" em 2022

Postado em: 09/01/2019, às 20:56 por Redação

A Ford anunciou na CES, em Las Vegas, nos EUA, que vai oferecer a tecnologia de comunicação do veículo-com-tudo pelo celular – a chamada C-V2X – em todos os seus veículos novos nos Estados Unidos a partir de 2022. O anúncio ocorre exatamente um ano depois de a marca firmar um acordo com a Qualcomm para esse desenvolvimento.

A C-V2X é uma tecnologia de comunicação sem fio altamente avançada que permite aos veículos "ouvir" e "conversar" uns com os outros, com os pedestres e com a infraestrutura de trânsito para transmitir informações de segurança e ajudar a criar um sistema de transporte inteligente e conectado.

A C-V2X foi planejada para operar com a rede de celular 5G, que está avançando rapidamente no mundo. Ela permite a comunicação direta entre os dispositivos conectados – ou seja, o sinal não precisa viajar primeiro para uma torre de celular –, por isso é muito rápida. Ela também complementa outros sistemas de assistência ao motorista, como sensores de radar e câmera, que usam processos computacionais similares. As comunicações C-V2X indiretas (do veículo para a rede e todo o resto) são o próximo passo na evolução da tecnologia 5G e estarão disponíveis em um futuro muito próximo.

Sinais inteligentes

A comunicação C-V2X com a infraestrutura urbana – como semáforos e sinais de trânsito – permitirá que o motorista receba informações para rodar com mais liberdade e segurança. Um semáforo, por exemplo, pode alertar quando vai ficar verde ou vermelho e se o motorista corre o risco de passar no sinal fechado.

As tecnologias atuais de assistência ao motorista, assim como os futuros veículos autônomos, usam sensores que basicamente "veem" o que está ao redor. A C-V2X aprimora essa capacidade, permitindo que os veículos também "escutem" e "conversem" com os demais, com os pedestres e com a infraestrutura viária. Isso pode ser comparado, grosso modo, a como as pessoas combinam a visão e a audição para se locomover em ambientes complexos.

Usando um chip avançado de computador, o veículo compartilha seus dados em tempo real e recebe informações que permitem "ver" nas curvas e identificar objetos que estão fora do alcance dos seus sensores LiDAR, sistema que cria uma visão tridimensional que permite aos veículos autônomos se localizar no ambiente e detectar outros veículos, pedestres e ciclistas e câmeras. O sistema permite também enviar alertas atualizados de obras, engarrafamentos e acidentes, dando ao motorista a opção de escolher outro caminho.

Regulamentação

Os veículos autônomos são totalmente capazes de operar sem a C-V2X, mas essa tecnologia pode complementar o sistema formado por sensores LiDAR, radar e câmera. Veículos de emergência equipados com transmissores C-V2X, por exemplo, poderão avisar os carros autônomos à frente para abrir caminho, estacionando ou mudando de rota.

Novo ecossistema

Para expandir o ecossistema de mobilidade, a Ford está investindo também na oferta de serviços inovadores como o GoRide, que transporta pessoas a consultas médicas, e alternativas como as scooters elétricas Spin – empresa adquirida em 2018 pela divisão Ford Smart Mobility.

Para criar uma rede de transporte abrangente capaz de conectar as diferentes opções de mobilidade, a Autonomic criou a plataforma chamada Nuvem de Mobilidade do Transporte (Transportation Mobility Cloud). Ela gerencia o fluxo de informações e as transações básicas do ecossistema formado por provedores de serviço, veículos pessoais, bicicletas, pedestres, sistemas de transporte de massa e infraestrutura das cidades, incluindo semáforos e vagas de estacionamento.

A Autonomic trabalha com várias empresas, como a rideOS, criadora de tecnologias de transporte e mapeamento que fornecem estimativas de viagem altamente precisas. Com essa integração, as solicitações de carona podem ser facilmente combinadas tanto com veículos dirigidos por motoristas como com os futuros veículos autônomos para sugerir a melhor forma de chegar a um destino.

A integração com a rede de satélites de baixo custo da Swarm Tecnologies permitirá às pessoas acessar os serviços remotos direto da nuvem em qualquer lugar do mundo, mesmo em lugares com cobertura precária de telefonia, e reduzir os custos de transporte.

A Autonomic também está trabalhando com a TribalScale para implementar a Dashero, uma plataforma de inteligência artificial que permite a compra de produtos e serviços por comandos de voz diretamente do veículo. Usando dados na nuvem, o serviço poderá prever com exatidão o tempo de chegada do consumidor ao destino para fazer a entrega.

No final do ano, a Autonomic também vai disponibilizar o kit de desenvolvimento da Nuvem de Mobilidade do Transporte para desenvolvedores que quiserem criar novos aplicativos e serviços com essa plataforma. Ao mesmo, o time City Solutions da Ford trabalha com governos e comunidades para definir como as novas soluções de mobilidade podem ser implementadas.

RSS
Facebook
Google+
http://tiinside.com.br/tiinside/09/01/2019/ford-vai-lancar-carro-com-capacidade-de-ouvir-e-conversar-em-2022/
Twitter
LinkedIn

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial