TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Softex e IBM fazem acordo para inovação em software

Postado em: 09/09/2008, às 18:16 por Redação

A Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex) e a IBM anunciaram nesta terça-feira, 9, durante no IBM Fórum, em São Paulo, a formalização de um convênio pelo qual os membros e parceiros do programa participarão de uma experiência inédita no Brasil, batizada de Concerto de Idéias on-line, que rodará na plataforma IBM Idea Factory.

O objetivo é gerar idéias para o planejamento estratégico de excelência de software no Brasil no período de 2009 a 2010. Conforme explica Arnaldo Bacha, vice-presidente da entidade, esse planejamento final será submetido pela diretoria da Softex ao seu conselho de administração que, uma vez aprovado, o remeterá ao governo brasileiro como proposta para adoção.

O evento vai durar 72 horas, começando no dia 4 de novembro, com a estimativa de mil participantes, envolvendo não só membros da entidade mas também de seus parceiros, como BNDES, CNPq, MCT e outros, além de outras comunidades de TI no Brasil que serão convidadas a participar.

A IBM Idea Factory é uma solução de rede social e de colaboração web 2.0, baseada na infra-estrutura de computação on demand e software de colaboração Lotus, no qual a IBM já investiu mais de US$ 2 milhões no Brasil, segundo Marcelo Zuccas, vice-presidente de software da companhia para América Latina.

De acordo com Antenor C.V. Corrêa, coordenador geral de serviços e programa de computador, da Sepin, ligada ao MCT, presente na cerimônia de assinatura do convênio, o governo vê com bons olhos contar com empresas transnacionais que estão há muitos anos no Brasil, pois elas podem colaborar na iniciativa do programa de exportação de software brasileiro.

Corrêa adiantou ainda que em breve deverá ser assinado o decreto de regulamentação da desoneração de impostos trabalhistas para empresas de serviços de TI.

Segundo Bacha, a Softex tem promovido iniciativas no mercado externo com apoio do programa de exportação da Apex, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), que deve ser renovado ainda neste ano – terminaria em 2009 – com ampliação de recursos.

Fábrica de idéias

A IBM Idea Factory tem como porposta ajudar a acelerar o processo de inovação através da colaboração aberta baseada na rede social de web 2.0. Ela foi projetada para capturar o processo de inovação desde a criação de idéias até o amadurecimento, envolvendo todos os participantes através de comunidades on-line. A plataforma oferece recursos para que os participantes enviem, classifiquem e aprimorem as idéias. O IBM High Performance On Demand Solutions Lab no Brasil está criando o IBM Idea Factory para o ambiente cloud computing para o evento.

"Uma pesquisa feita pela IBM com CEOs em todo o mundo revelou que acreditam que 70% das inovações a serem adotadas por eles virão de fora da empresa, por isso a importância da iniciativa", acrescentou Zuccas.

"A Idea Factory permitirá que a Softex colabore com suas filiais e com desenvolvedores de software independentes (ISVs) em tempo real", diz Willy Chiu, vice-presidente do IBM High Performance On Demand Solutions. "Este será um evento de mudança de estratégia, permitindo que a entidade colabore de uma maneira que não era possível anteriormente".

Chiu ressaltou que este é o último de uma série de compromissos da IBM Idea Factory, que teve início na China Telecom, em novembro de 2007, quando funcionários e parceiros de negócios da empresa recém-privatizada lançaram uma solução de WiMax. O evento, denominado internamente pela IBM como "Jump" também foi realizado na Sogeti, uma subsidiária da CapGemini, em abril deste ano, em 50 países sobre melhores práticas que poderiam trazer maior rentabilidade aos serviços prestados pela consultoria.

Outra iniciativa mencionada por Chiu foi do governo do Vietnã, para criar um portal de inovação com o objetivo de atender 80 milhões de habitantes num projeto denominado "open society". A própria IBM promoveu uma Jump com todos seus funcionários, em 2006, onde as dez primeiras melhores idéias receberam um investimento da ordem de US$ 500 milhões para desenvolvê-las.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top