TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

No mundo tech, quem cria o futuro não fica no passado

Postado em: 10/11/2018, às 22:32 por Diego Figueredo

Quem está envolvido com o mundo da tecnologia sempre escuta histórias assustadoras de empresas multimilionárias que, em algum momento, fizeram escolhas erradas e caminharam rumo ao declínio. São negócios que perderam quase todo o mercado ou tiveram que fechar as portas porque não embarcaram no bonde da inovação quando tiveram a oportunidade. Eles simbolizam que a estrada para o colapso não é construída de fracassos ou falhas convencionais, mas de momentos de estagnação e apego à zona de conforto.

Neste momento é normal que se atribua a culpa aos empreendedores ou à estratégia comercial que a empresa adotou. No entanto, essa condenação tende a ser simplória. Em muitos casos, a companhia até conseguiu enxergar a necessidade de mudança, mas, por diversos motivos, não a colocou em prática.

Seja para mega corporações consolidadas, startups emergentes ou pequenas e médias empresas, a inovação é uma das moedas mais importantes do mercado. É fundamental que os negócios saibam entender o ambiente no qual estão inseridos, consigam se adaptar conforme as necessidades e provoquem uma transformação positiva.

É preciso que essa transição seja realizada de forma rápida e radical. Setores tradicionais, como a educação e saúde, já foram completamente modificados pelo uso de tecnologia. E os impactos dessa transformação podem ser constatados no cotidiano das suas operações. Por exemplo, o uso de realidade virtual para facilitar o aprendizado e as health techs, startups que estão revolucionando a área da saúde, que ocupam um espaço cada vez mais relevante no setor.

A utilização de tecnologias disruptivas, como Inteligência Artificial, Internet das Coisas (IoT), Blockchain e Machine Learning estão se tornando cada vez mais necessárias e irão afetar os modelos de negócios atuais de forma irremediável. Neste cenário, é essencial verificar o enfraquecimento de tecnologias fora de uso, saber enxergar oportunidades e conduzir o movimento que está revolucionando o mercado.

Quando decidimos criar uma consultoria de inovação que usa Inteligência Artificial, Machine Learning, Blockchain e IoT para transformar empresas, nossa postura era de acelerar negócios e suprir as imposições que o futuro da economia está nos apresentando.

O mercado tech é cada vez mais elementar. Empresas de todos os portes já perceberam o valor da inovação tecnológica em seus negócios. No entanto, essa discussão precisa fazer parte das reuniões de diretoria e planejamento estratégico. Passar da mídia ao financeiro, permeando todas as áreas da companhia. O desafio deve ser observado sob diferentes perspectivas e o objetivo dessas transformações deve ter caráter vertical nas empresas. É necessário ir além do convencional. Não basta apenas vislumbrar insights do futuro, é preciso participar da sua criação, saindo do campo das ideias e percepções rumo à realidade de agir ativamente nele.

Diego Figueredo, CEO da Nexo AI.

RSS
Facebook
Google+
http://tiinside.com.br/tiinside/10/11/2018/no-mundo-tech-quem-cria-o-futuro-nao-fica-no-passado/
Twitter
LinkedIn

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial