TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Empresas catarinenses têm mais R$ 10 milhões para investir em inovação

Postado em: 11/07/2007, às 19:00 por Redação

O programa Juro Zero de Santa Catarina recebeu nesta semana a garantia de continuidade após o depósito da segunda parcela da contrapartida estadual. Com o repasse de R$ 1 milhão da SC Parcerias, empresa ligada ao governo do estado, as empresas catarinenses poderão ter acesso a mais R$ 10 milhões da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em empréstimos destinados a projetos inovadores.

Desde que o Juro Zero entrou em operação naquele estado, em agosto de 2006, 16 empresas contrataram R$ 9,6 milhões para desenvolver processos e produtos inovadores. ?Sabemos das dificuldades encontradas pelas empresas de tecnologia para terem acesso a crédito de forma rápida e com juros baixos. Por isso, apoiamos o programa por acreditar que ele traz benefícios diretos às empresas catarinenses que buscam cada vez mais inovar para se tornarem competitivas?, aponta o presidente da SC Parcerias, Alaor Tissot.

Segundo dados divulgados esta semana pela Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate), parceira estratégica da Finep em Santa Catarina, estima-se que as empresas participantes do programa devam ter nos próximos dois anos um crescimento de 61% em seus faturamentos. Além disso, a estimativa é que estas empresas aumentem em 73% a oferta de empregos até 2008.

?Essas projeções mostram o caso de sucesso que se tornou o Juro Zero para as empresas catarinenses de tecnologia. A grande procura e o interesse pelo programa já nos colocou como o Estado que mais projetos aprovou, quando comparado com Minas Gerais, Paraná, Bahia e Pernambuco, estados em que este programa piloto também é desenvolvido?, destaca o presidente da Acate, Alexandre d´Avila da Cunha.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável de Santa Catariina, Jean Kuhlmann, o Juro Zero fortalece o setor de tecnologia no Estado por incentivar a inovação nas micro e pequenas empresas. ?Apoiamos o programa por acreditarmos no seu papel de desenvolvimento e fortalecimento dos nossos empreendimentos tecnológicos ? um dos objetivos da própria Secretaria.?

A Acate prevê mais interesse pelo programa por parte das empresas e já articula saídas para ampliar a oferta de financiamentos. ?Nas próximas semanas iremos formalizar à Finep um pedido de aumento da linha para R$ 40 milhões, mantendo o fundo garantidor nos atuais R$ 2 milhões. Além disso, já estamos estudando a possibilidade de termos um fluxo contínuo do programa no Estado?, afirma Cunha.

Na fase atual, o programa prevê, no total, a destinação de R$ 20 milhões em recursos para inovação de empresas catarinenses de diversos segmentos como software, semicondutores, biotecnologia e nanotecnologia.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top