TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Participação da Apple no lucro da indústria de smartphones sobe para 92% no primeiro trimestre

Postado em: 13/07/2015, às 14:41 por Redação

Entre os oito principais fabricantes de smartphones do mundo, a Apple abocanhou 92% do lucro operacional gerado nesse segmento de mercado no primeiro trimestre deste ano, o que representa um aumento de 65% na comparação com o ano anterior, de acordo com a Canaccord Genuity, empresa de investimentos que opera com empresas listadas em dez bolsas de valores no mundo.

Ainda segundo a companhia, em segundo lugar aparece a coreana Samsung Electronics, que amealhou 15% do lucro operacional. A Canaccord observa que cerca de mil empresas fabricam smartphones no mundo. Ou seja, Apple e Samsung ficaram com mais de 100% dos lucros da indústria, o que leva à dedução de que os demais fabricantes ou perderam dinheiro ou empataram (breakeven).

Alguns dados revelados na semana passada comprovam a situação financeira desequilibrada dos fabricantes de smartphones. A Apple, por exemlo, solicitou a seus fornecedores um número recorde de novos modelos do iPhone. Enquanto isso, a Samsung fez uma previsão de lucro para o segundo trimestre decepcionante, a HTC divulgou um prejuízo trimestral e a Microsoft realizou uma baixa contábil de 80% no valor da Nokia, adquirida no ano passado, reduzindo a operação de telefonia móvel.

A Canaccord diz que a participação da Apple no lucro do segmento é notável, considerando principalmente que ela responde por menos de 20% das remessas de smartphones em termos de vendas unitárias. A disparidade, segundo a empresa, reflete a capacidade da fabricante manter preços mais elevados para seus smartphones. Os rivais da Apple, em sua maioria, usam o sistema operacional Android, do Google, o que torna mais difícil para eles distinguir as suas ofertas, levando muitos a uma competição feroz por preços.

De acordo com o diretor-executivo de pesquisa de mercado da Strategy Analytics, Neil Mawston, muitos fabricantes de smartphones alinhados com o Android estão presos a modelos muito baratos e marcas de alto volume, como da chinesa Xiaomi. "Há o perigo de que você ficar preso no meio", disse Mawston ao The Wall Street Journal. Ele estima que existam cerca de mil marcas de smartphones, incluindo várias centenas na China.

Mesmo a Samsung, que por um tempo encontrou o sucesso produzindo smartphones para todas as faixas de preço, agora está sofrendo. Na semana passada, a companhia disse que prevê uma queda no lucro na dilvulgação do balanaço do segundo trimestre, a sétima consecutiva. "A Samsung parece ter julgado mal a demanda por seus novos telefones, apostando no Galaxy S6, com preços mais elevados."

Os resultados, segundo a Canaccord, demonstram que o lucro está se deslocando rapidamente no negócio de smartphones. A Apple fez uma transformação no mercado com o lançamento do iPhone em 2007. Naquela época, a finlandesa Nokia detinha cerca de dois terços dos lucros da indústria de smartphones, estima a empresa. Mas, no fim daquela década, a Apple e a BlackBerry já havia ultrapassado a Nokia. Em 2012, Apple e Samsung passaram a dividir os lucros da indústria (50% a 50%). Agora, a Apple assumiu a dianteira, e muitos analistas acreditam que seu domínio será muito difícil de superar.

Tags: , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top