TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Santa Casa de Franca usa thin clients no sistema de gestão

Postado em: 15/09/2011, às 22:07 por Redação

“Sabemos que fizemos uma boa troca, devido principalmente à economia de energia, aos ganhos com manutenção, que é muito menor, e ao tempo de vida útil do terminal, que é significativamente maior”, essa é avaliação de Leandro Borges, gerente de TI da Santa Casa de Franca, que implantou um rede de micros thin clients para rodar seus sistema de gestão empresarial, que hoje já atinge 120 unidades.

Outro diferencial alinhado pelo gerente de TI da Santa Casa de Franca diz respeito à simplicidade da implementação, que foi feita pela equipe interna, eliminado gastos com fornecedores. A decisão pela solução aconteceu em 2006 depois de contatos e visitas a vários usuários. Ao longo desses cinco anos, a Santa Casa evoluiu de 60 equipamentos para 120. Uma das unidades tem aproximadamente 75% de terminais em operação. Borges cita ainda robustez na operação. Segundo ele os terminais INIT são fisicamente mais resistentes e raramente travam.

“Desse modo economizamos na manutenção, que, diferentemente dos desktops, ocorre com baixa frequência. Quando apresenta defeito, o terminal simplesmente é substituído e enviado para a assistência técnica”. Esse ganho se soma à economia nos custos com energia elétrica e à facilidade de upgrade. Os terminais permanecem os mesmos após anos de uso, pois todas as aplicações rodam remotamente. Para suprir os requisitos necessários à execução do software de gestão, até o momento, “realizamos apenas dois upgrades de hardware nos servidores, não sendo mais necessária a atualização das estações”, informa o gerente de TI.

A solução foi fornecida pela RAC Serviços, no momento em que a instituição estava finalizando a implementação do novo sistema de ERP, ocasia em que foi necessária a substituição das máquinas mais antigas. A nova solução de gestão tinha de ser disponibilizada a setores ainda não informatizados, por isso, o processo tinha que ser ágil. Para Borges, os resultados qualitativos foram rapidamente percebidos e ultrapassaram as expectativas, pois a ideia inicial do projeto “era substituir algumas máquinas para atender o uso apenas do sistema de gestão, e hoje temos unidades que, em quase sua totalidade, são compostas por terminais thin client”.

Fundação

A Fundação Santa Casa de Misericórdia de Franca foi fundada em junho de 1897 por um grupo de cidadãos beneméritos e iniciou suas atividades formais em janeiro de 1901, primeiramente como Irmandade da Santa casa de Misericórdia de Franca e depois como Fundação, a partir de dezembro de 1935. Desde o início de suas atividades, a Santa Casa de Franca tornou-se um hospital de referência em média e alta complexidade para uma população de mais 700 mil pessoas de Franca e região, e atende 90 % de seus pacientes pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

A Santa Casa de Franca é um hospital filantrópico e faz atendimento ao SUS, através de três hospitais do Complexo Hospitalar Santa Casa: Hospital Central, Hospital do Coração e Hospital do Câncer. A Santa Casa é um Complexo Hospitalar de Referência Regional em média e alta complexidade, integrado ao sistema de saúde publica e privado. A Santa Casa é o único hospital que atende a região da DRSVIII em alta complexidade, ou seja, o único hospital SUS atendendo 22 municípios, totalizando 700 mil habitantes.

 A Clínica Médica e Cirúrgica conta com 304 leitos distribuídos em todo o Complexo Hospitalar Santa Casa, atendendo em média 1600 internação/mês e realizando cerca de 700 cirurgias/mês, prestando serviços para 22 municípios, objetivando sempre um atendimento de qualidade e humanizado para todos os seus usuários. Possui o título de Hospital Amigo da Criança recebeu do Ministério da Saúde/Unicef e certificação “Ouro” do Programa de Qualidade da CPFL/CEALAG/APM. Entre as últimas realizações estão a operação do Banco de Leite Humano, a aquisição de equipamentos médicos de última geração e a ampliação de seu Hospital do Câncer.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top