TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Snapchat envia prospecto preliminar à CVM dos EUA e inicia o processo de IPO

Postado em: 16/11/2016, às 11:05 por Redação

A Snap, controladora do aplicativo de compartilhamento de textos e fotos Snapchat, encaminhou confidencialmente o prospecto preliminar de oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). A empresa fez o depósito junto à Securities and Exchange Commission (SEC), órgão que regula as empresas cotadas em bolsa nos EUA equivalente à CVM no Brasil, antes da eleição presidencial nos EUA, e a surpresa da vitória de Donald Trump não afetou seus planos de abrir capital já em março de 2017, segundo o The Wall Street Journal, citando pessoas familiarizadas com o assunto.

Um IPO poderá valorizar o Snapchat entre US$ 20 bilhões e US$ 25 bilhões — o jornal americano informou no mês passado que o valor de mercado da empresa poderia atingir US $ 25 bilhões ou mais, mas as fontes não disseram o que levou a avaliação para baixo.

Se a empresa avançar com o IPO, mesmo com a avaliação atual, ainda assim será a maior oferta pública inicial no setor de tecnologia, desde que a empresa chinesa de comércio eletrônico Alibaba fez sua estreia na Bolsa de Nova York em 2014, com valorização de US$ 168 bilhões.

A oferta também poderia dar impulso ao mercado de IPO nos EUA que teve um ano sombrio — apenas 103 empresas listaram suas ações nas bolsas americanas neste ano, arrecadando US$ 21,8 bilhões, de acordo com Dealogic. O montante é bem baixo dos US$ 34,6 bilhões arrecadados com as 165 ofertas iniciais realizadas no ano passado e marca o menor nível de negócios desde 2009.

Banqueiros e investidores estão otimistas de que uma estreia bem-sucedida na bolsa do Snapchat poderia convencer outras empresas de grande porte a realizar IPO. O desempenho forte das poucas ações de empresas de tecnologia que começaram a operar neste ano deu confiança aos investidores de que o mercado de novas emissões deve se recuperar no ano que vem.

A Snap se tornaria a primeira de um pequeno grupo de empresas financiadas por capital de risco altamente valorizadas e estreitamente monitoradas, a testar o mercado de capitais.

O arquivamento confidencial do prospecto preliminar de IPO se deve ao fato de a Snap esperar menos de US$ 1 bilhão em receita neste ano. De acordo com o "Jumpstart Our Business Startups Act" (Jobs Act, na sigla em inglês), lei sancionada pelo presidente Barack Obama em 2012 para facilitar o acesso ao mercado de capitais das startups, empresas com receita anual inferior a US$ 1 bilhão têm a opção de apresentar um esboço inicial de seu prospecto de IPO aos órgãos reguladores e fazer ajustes antes de revelá-lo ao público. O Morgan Stanley e o Goldman Sachs Group atuarão como garantidores do IPO da Snap.

Com apenas quatro anos no mercado, a empresa, conhecida por permitir que os usuários enviem mensagens e fotos que desaparecem de seus smartphones, registrou rápido crescimento de receita desde que começou a emitir informes em 2014. A empresa disse a investidores no início deste ano que esperava receita entre US $ 250 e US$ 350 milhões neste ano e US$ 1 bilhão, em 2017. Em 2015, a Snap gerou apenas US $ 60 milhões em receita.

RSS
Facebook
Google+
http://tiinside.com.br/tiinside/16/11/2016/snapchat-envia-prospecto-preliminar-cvm-dos-eua-e-inicia-o-processo-de-ipo/
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial