TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

SAS comemora crescimento de 22% em novas vendas no Brasil em 2017

Postado em: 22/02/2018, às 20:56 por Redação

O SAS registrou em 2017 um crescimento de 22% em novas vendas e de 8% em receita total de software (Total Software Revenue – TSR), na comparação com 2016. Na América Latina, houve um aumento de 15,2% e 9,6%, respectivamente.  Em nível global, o SAS registrou o faturamento US$ 3,24 bilhões em 2017, correspondendo a um aumento de 1,25% em relação ao ano anterior.

"Os resultados de 2017 superaram as nossas expectativas. Pelo segundo ano consecutivo tivemos um crescimento de dois dígitos e conseguimos quebrar o nosso recorde de TSR Em 2015 éramos a 14ª subsidiária no ranking da companhia; em 2016 passamos para 13ª colocação; no passado demos um salto para a 7ª posição em vendas de software, mas do que toda a região asiática somada, com exceção do Japão", comemora Cássio Pantaleoni, presidente do SAS Brasil, acrescentando que valor da receita no Brasil sofreu impacto negativo da variação do IGPM e outros indexadores, que levou o número para baixo, caso contrário o número seria maior.

Ele credita o crescimento a três iniciativas que alavancaram esse resultado: a expansão do programa de canais em toda a América Latina; geração de demanda com iniciativas de marketing digital e do programa de inovação, com soluções de Internet das Coisas, entre outras.

Para 2018, a expectativa do SAS Brasil é de obter um crescimento de 11% com foco nas tecnologias de Inteligência Artificial, Internet das Coisas, Machine Learning, além das soluções de Data Management, Customer Intelligence, Fraude e Risco. A empresa também pretende continuar investindo na oferta de sua tecnologia de Inteligência Analítica sob o modelo RaaS (Result as a Service) e na plataforma SAS Viya, principal foco de investimentos nos últimos dois anos, na qual foi aplicado  US$ 1 bilhão.

Em relação ao SAS Viya, o presidente da SAS comemora a adesão de 6 dos seus 10 maiores clientes à nova plataforma, que traz o conceito de Fast Analytics para obtenção de resultados mas ágeis.

A empresa também pretende ampliar foco para novos segmentos, além das tradicionais áreas de finanças (que respondeu por 56% das receitas da SAS Brasil) Telecom e  Varejo (17%) e Public Sector (16%), abrangendo novos mercados como Bens de Consumo (CPG), Utilities, Manufatura e Agronegócios, através da expansão de seu Programa de Canais e Alianças.

Ele também menciona as áreas de Risk Management, com 55% de crescimento nas vendas, e Data Management e Internet das Coisas, com 27%. Além disso, o SAS Brasil teve um aumento de 13% em sua carteira de clientes, sendo 50% deles advindo do programa de canais.

As receitas associadas à Nuvem tiveram um incremento de 15%, enquanto que as vendas na área Gerenciamento de Riscos cresceram 35%. A área de Governança de Dados e Data Quality obteve um aumento de 11%, impulsionado pelo interesse cada vez maior dos clientes sobre questões regulatórias atreladas à proteção de dados, como o GDPR (General Data Protection Regulation).

Inovação

O SAS enfatizou o lançamento do SAS Innovation Lab projeto amplo com foco em inovação, tendo como plataforma na nuvem a solução SAS Viya – voltada para a preparação de dados, visualização de dados e mineração com alta performance e elevada produtividade. O objetivo é fazer com que as empresas expandam exponencialmente a cultura da análise de dados em seu dia a dia, e acelerar a entrega de projetos em produção de forma ágil, mas sem perder governança e compliance.

Segundo o responsável de Inovação do SAS América Latina, Bruno Maia, atualmente o SAS Viya permite que a análise de dados seja feita de uma maneira mais fácil e democrática. "O SAS Viya simplificou todo o processo de análise de informações para que o cliente não dependa de conhecimentos estatísticos avançados para extrair insights e gerar valor para o negócio, com alta disponibilidade de recursos de machine learning e analytics avançado", explica o executivo.

O núcleo será implementado com base em cinco pilares e todos os projetos integrantes do programa de inovação serão iniciados no decorrer do ano de 2018:

Innovation Lab – O objetivo é oferecer aos clientes a oportunidade de experimentação do potencial do SAS Viya, no intuito de extrair insights analíticos e ao mesmo tempo fazendo uso da infraestrutura e da mentoria do SAS em um ambiente de branding e coworking. O projeto já é aplicado em outros países onde o SAS atua, entre eles o Japão.

Data4Good – O projeto consiste no uso de dados públicos pela comunidade analítica, visando a extração de insights em projetos voltados para o bem social e a solução de problemas relacionados à pobreza, saúde, direitos humanos, educação, meio ambiente, entre outros. O SAS irá estimular a comunidade por meio da oferta de infraestrutura e mentoria especializada.

SAS Innovation Datathon – Programa aberto a toda comunidade analítica. Será uma competição aberta baseada em dados, cujo objetivo é solucionar desafios de negócio com o uso de técnicas de design thinking e soluções analíticas. Um desafio é lançado e o SAS aplica sua metodologia e infraestrutura oferecendo apoio aos grupos formados para trabalhar no projeto com o uso do SAS Viya. O time com a melhor ideia e execução será contemplado com uma premiação.

Startup Now Analytics Program – O SAS irá escolher até três startups para ajudá-las a viabilizar suas ideias por meio da oferta de tecnologia analítica, infraestrutura e coworking. Será feito um processo de seleção para definir em quais ideias a companhia investirá. O objetivo é formar uma parceria de modo que a tecnologia SAS Viya possa potencializar a performance das startups, além de desenvolver novos produtos para o mercado.

Fast Analytics Program – Criação de um laboratório voltado para clientes do SAS, que irão obter mentoria, Provas de Conceito (POC), estudo de viabilidade e implantação, além de treinamentos – sempre focado em inovação, Big Data e Viya. O objetivo é auxiliar os clientes na incorporação de tecnologia SAS para acelerar o ciclo analítico, otimizando a performance das companhias.

Nova divisão com foco em IoT

No início deste mês, o SAS anunciou globalmente a sua mais nova divisão dedicada às oportunidades de negócios geradas pela Internet das Coisas (IoT – Internet of Things). O objetivo é oferecer conhecimento estratégico a setores específicos como Manufatura, Energia, Utilities, Governo, Varejo, Seguros e Saúde, ajudando os clientes a otimizar os seus investimentos em IoT.

A tecnologia central da nova divisão é o SAS Event Stream Processing, que analisa dados em alta velocidade, permitindo que a tomada de decisões de forma imediata. "O SAS ESP tem um diferencial fundamental se comparado às demais tecnologias equivalentes no mercado. Ele nasceu de uma arquitetura muito leve e performática que permite processar milhares de transações por segundo, além de ser o único que consegue executar diversos modelos analíticos em tempo real, inclusive modelos que se auto treinam em tempo real. O ESP é um dos pilares que a SAS acredita que possibilita a evolução da Internet das Coisas para o que chamamos de "Inteligência das Coisas", conclui Maia.

Diversidade

Kleber Wedemann, diretor de Marketing para o SAS América Latina e Caribe, também enfatiza a politica de diversidade adotada pela  SAS Brasil, onde sua força de trabalho está divida em 50% entre homens e mulheres.  No ano passado a empresa promoveu o Women Leadership Day, que objetiva compartilhar histórias de mulheres bem-sucedidas e promover um debate sobre a construção da participação feminina em mercados como Tecnologia da Informação

Canais

A expansão de mercado via Canais e Alianças ganhará mais relevância em 2018, pois agindo a diretora da área na América Latina, Daniela Fontolan, "os parceiros são um dos pilares estratégicos para o SAS em 2018, ajudando não só na cobertura de atuação, mas também no aumento da margem de lucro".

Neste ano, o objetivo é trabalhar com um grupo de 51 parceiros estratégicos que atuarão nas quatro linhas de negócios do SAS – Customer Intelligence, Data Management, Risco e Fraudes -, além de projetos de serviços de consultoria. "O foco são as novas indústrias, no segmento de médias empresas, e a oferta de soluções pré-configuradas por indústria", enfatiza a executiva.

RSS
Facebook
Google+
http://tiinside.com.br/tiinside/22/02/2018/sas-comemora-crescimento-de-22-em-novas-vendas-no-brasil-em-2017/
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial