TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Ex-presidente do eBay, Meg Whitman assume o comando da HP

Postado em: 22/09/2011, às 15:50 por Redação

Candidata derrotada ao governo da Califórnia pelo partido republicano e antiga presidente do eBay, Meg Whitman, foi nomeada nesta quinta-feira, 22, presidente e CEO da HP, confirmando assim os rumores que circularam na imprensa americana ao longo desta semana. Meg substitui Leo Apotheker, que deixa a companhia após um ano no cargo. No início do ano, a executiva passou a fazer parte do conselho da HP. Agora, ela terá a missão de reerguer a empresa de tecnologia que vem enfrentando dificuldades para competir e crescer no mercado, especilmente no segmento de PCs .Além de reverter a situação da HP no mercado de computadores pessoais, Meg terá o desafio de tornar a empresa mais rentável nas áreas de software e serviços.

“Estamos em um momento crítico e precisamos renovar a liderançar para implantar nossa estratégia com sucesso e tirar vantagem das oportunidades de mercado à nossa frente”, afirmou em comunicado o presidente-executivo da HP, Ray Lane. A nota afirma que a escolha da executivo foi baseada em suas habilidades de comunicação e profunda experiência em liderança, “e por possuir um conhecimento sólido dos produtos e mercados da HP”.

A presença de Apotheker no comando da HP ficou insustentável depois da queda vertiginosa das ações da companhia na Bolsa de Nova York (20%) registrada com a divulgação da separação (spin-off) da divisão de PCs. Nos últimos tempos, executivos da companhia começaram a dar sinais de insatisfação com a gestão do CEO e as reestruturações por ele impostas para enfrentar os novos desafios financeiros da empresa, muitos vice-presidentes e executivos seniores já deixaram a companhia, enquanto outros tiveram sua aposentadoria forçada pelo comando da HP (veja mais informações em "links relacionados" abaixo). Mas o fato das ações da HP terem caído 40% durante seu comando, tornou a situação irreversível.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top