TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Papéis da Red Hat fecham dia em nível recorde e superam os 10%

Postado em: 26/03/2015, às 18:12 por Redação

A Red Hat teve pelo menos quatro aumentos no preço-alvo de suas ações que subiram para um patamar de 15 anos atrás, quando o sistema operacional Linux se tornou um hype no mercado, passando a ser utilizado amplamente por computadores corporativos. Depois de divulgar alta no lucro e receita no quarto trimestre e no ano fiscal de 2015, as ações da fornecedora de software livre e distribuições Linux voltaram a registrar alta nesta quinta-feira, 26.

O bom desempenho financeiro da companhia é atribuído ao fato de estar evoluindo rapidamente para outras áreas, além do sistema operacional, incluindo software de middleware, de armazenamento, de virtualização e serviços de computação em nuvem. A empresa, que compete com Oracle e VMware, entre outras, obteve lucro líquido de US$ 180,2 milhões no ano fiscal e receita de US$ 1,78 bilhão.

As ações da Red Hat, que haviam subido 4,5% na quarta-feira, 25, cotadas a US$ 71,53, no after-hours trading, negociação após o fechamento da Nasdaq, abriram o pregão desta quinta-feira, negociadas a US$ 72,91, e encerraram o dia valendo US$ 75,36, alta de 10,09%. Os papéis da companhia já subiram 7% em média neste ano, depois de saltar de 23% no ano passado.

A capacidade da empresa para ir além do negócio com Linux é o que está conduzindo a empresa ao crescimento, segundo escreveu Steve Ashley, analista da Robert W. Baird & Co., em um relatório divulgado nesta quinta-feira. Ele classificou as ações da Red Hat como "outperform" (acima da média do mercado).

"O ritmo de negócios [da Red Hat] com infraestrutura básica (86%) acelerou um pouco, para 17%, ano sobre ano, em moeda constante, enquanto novos produtos continuaram a apresentar aumento", escreveu ele. "A Red Hat está evoluindo com sucesso de um fornecedor tático de um único e poderoso produto [Red Hat Enterprise Linux] para um fornecedor estratégico de soluções open source de última geração, OpenStack [IaaS, infraestrutura como serviço] e OpenShift (PaaS, plataforma como serviço]."

A RBC Capital Markets aumentou o preço-alvo das ações da Red Hat para US$ 80 de US$ 75, enquanto a BMO Capital Markets elevou o preço para US$ 83 de US$ 77. Já a Northland Securities aumentou o preço-alvo para US$ 80 de US$ 75 e a Mizuho Securities, para US$ 85 de US$ 75. Todos os quatro bancos de investimento fazem indicação de "buy" (comprar) ou classificação equivalente para as ações da Red Hat.

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top