TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Finep destinará R$ 1 bilhão para fundos de investimento

Postado em: 27/06/2007, às 22:12 por Redação

A Finep, principal agência brasileira de fomento à inovação, ligada ao Ministério da Ciência e Tecnologia, quer alavancar cerca de R$ 1 bilhão para o apoio a fundos de private equity, venture capital e capital semente. O processo de seleção, iniciado em abril, atraiu 20 propostas de fundos que, juntos, pretendem beneficiar mais de 200 empresas. A demanda por capital ultrapassou os R$ 2,5 bilhões.

Segundo Patrícia Freitas, chefe da unidade de investimentos da Finep, os números refletem o aquecimento do mercado. "Os fundos apresentam propostas cada vez mais estruturadas, com foco em empresas que possuam potencial para crescer, internacionalizar os negócios e abrir capital na Bovespa. Outro ponto positivo é a chegada de novos gestores. No atual processo de seleção, são 11 os grupos estreantes, renovação que representa mais da metade dos inscritos", explica.

A decisão sobre quais fundos receberão investimentos acontece entre 26 e 29 de junho, quando os gestores de recursos se apresentarão a uma banca de avaliação formada por especialistas do setor. O objetivo é aprovar dez novos fundos. "Durante esta semana, teremos um panorama geral dos planos de atuação dos principais gestores do Brasil", observa Patrícia. Os recursos serão aplicados através da Incubadora de Fundos Inovar, estrutura criada pela Finep para estimular a criação de fundos de venture capital no Brasil.

São parceiros da iniciativa: o Fundo Multilateral de Investimentos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (Fumin/BID), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), do Banco do Brasil Investimentos (BB-BI), da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e dos Fundos de Pensão dos funcionários do Banco do Brasil (Previ), da Petrobras (Petros) e da Caixa Econômica Federal (Funcef). O programa possui hoje R$ 600 milhões comprometidos em 13 fundos, que já investiram em cerca de 50 empresas inovadoras.

A principal novidade é a adesão da Fapes, fundo de pensão dos funcionários do BNDES. A instituição torna-se parceira da Incubadora Inovar no momento em que anuncia o desejo de dobrar o volume de recursos investidos em private equity e venture capital. Ricardo Weiss, diretor de finanças da Fapes, afirmou que a carteira de aplicações no setor pode chegar a R$ 200 milhões neste ano. O patrimônio total da instituição é de R$ 4,8 bilhões, dos quais 4% podem ser investidos no segmento de PE e VC, conforme limite aprovado pelo Conselho Deliberativo da Fundação. Atualmente, a Fapes investe cerca de R$ 100 milhões em dez fundos.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top