TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

UE fará nova acusação formal contra o Google por abuso de posição dominante na publicidade online

Postado em: 27/06/2016, às 19:58 por Redação

A Comissão Europeia já sinalizou que vai fazer nova acusação contra o Google, possivelmente antes de agosto, por abusar de sua posição dominante na publicidade online. O órgão regulador da União Europeia pediu a empresas rivais que permitam a divulgação de informações confidenciais que apresentaram à UE, com as alegações de que o Google induz o consumidor a clicar nos anúncios do Adwords, sua plataforma de publicidade online, o que infringe a lei antitruste do bloco econômico.

Este é o terceiro conjunto de acusações antitruste da UE contra o Google. A Comissão Europeia deu o prazo de uma semana para que as companhias rivais apresentem novas versões dos documentos, o que sugere que a UE está se aproximando da fase final de elaboração de acusações contra a empresa.

A chefe antitruste da União Europeia, Margrethe Vestager, já apresentou acusação antitruste formal contra a Google por supostamente distorcer seus resultados de busca para favorecer o seu próprio serviço de compras, o Google Shopping, e, mais recentemente, por beneficiar o Google Maps em smartphones equipados com o seu sistema operacional Android.

Margrethe disse que órgão está "avançando" nas investigações para analisar se o Google abusa da sua posição dominante com o seu serviço de publicidade, área de preocupação que já havia sido delineada por seu predecessor, Joaquín Almunia.

A publicidade online representou 90% da receita da empresa no ano passado, que foi de US$ 75 bilhões.

A UE também está investigando se o Google restringe os anunciantes que usam o serviço de publicidade com base no leilão da empresa. A Comissão Federal de Comércio dos EUA realizou uma investigação semelhante em 2013 depois que o Google comprometeu-se a eliminar restrições impostas aos anunciantes que querem coordenar suas campanhas de publicidade online através de várias plataformas.

Separadamente, a News Corp., que publica o The Wall Street Journal, apresentou queixas formais na Comissão Europeia a respeito de práticas de negócios do Google. Com informações de agências de notícias internacionais.

RSS
Facebook
Google+
http://tiinside.com.br/tiinside/27/06/2016/ue-fara-nova-acusacao-formal-contra-o-google-por-abusar-de-sua-posicao-dominante-na-publicidade-online/
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial