TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Contax encerra 2015 com queda na receita líquida e prejuízo de R$ 226,8 milhões

Postado em: 28/03/2016, às 20:18 por Redação

A Contax, empresa especializada na terceirização de processos de negócios (BPO) e serviços de contact center, anunciou os resultados do quarto trimestre e do ano de 2015. A companhia encerrou o ano com prejuízo de R$ 226,8 milhões, ante um lucro líquido de R$ 96,6 milhões apurados em 2014. O mesmo ocorreu no quarto trimestre, quando registrou perda de R$ 138,1 milhões, frente ao lucro de R$ 49,8 milhões obtidos em igual período do ano anterior.

A receita operacional líquida da Contax totalizou R$ 3,2 bilhões no ano, o que representa uma queda de 7% em relação aos R$ 3,45 bilhões contabilizados em 2014. No quarto trimestre, a receita líquida do grupo foi de R$ 762,6 milhões, uma redução de 12% na comparação anual e de 4% na comparação trimestral. A receita total permaneceu impactada pela queda na prestação de serviços observada a partir do início de 2015, segundo a empresa.

O montante arrecadado com serviços de contact center e BPO no ano foi de R$ 3 milhões, 6,2% inferior ao obtido em 2014, sendo que o Brasil foi responsável por R$ 2,28 bilhões desta receita e a América Latina, por R$ 921,9 milhões. Já os serviços de trade marketing somaram R$ 125,3 milhões, cifra 17,5% inferior a obtida em 2014. Serviços de TI foi a área que teve a maior queda, de 20,8%, totalizando receita de R$ 57,9 milhões.

A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) totalizou R$ 101,3 milhões em 2105, com margem de 3,2%. Desconsiderando os custos com o processo de readequação da estrutura, o Ebitda totalizou R$ 222 milhões, com margem de 6,9% (12% em 2014). No quarto trimestre, o Ebitda teve um saldo negativo de R$ 46,7 milhões, ante um saldo positivo de R$ 109,6 milhões um ano antes.

A piora do resultado, segundo o informe de resultados, reflete principalmente o descasamento entre receitas e custos ocasionado pela diminuição de volume e o processo de readequação da estrutura. Este processo foi iniciado no primeiro semestre de 2015 para atender ao novo nível de demanda da companhia, visando à recomposição de suas margens aos patamares compatíveis com o setor.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial