TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Semelhante a AWS, divisão de nuvem do Alibaba já lidera mercado em IaaS na China

Postado em: 28/04/2015, às 18:14 por Redação

Assim como ocorreu com a Amazon.com, que surpreendeu investidores ao revelar que sua divisão de nuvem Amazon Web Services (AWS) atingiu receita de US$ 5,16 bilhões no ano passado, o que a colocou na liderança do mercado mundial de serviços de infraestrutura de nuvem (IaaS, na sigla em inglês), com participação de 28%, o gigante chinês de comércio eletrônico Alibaba, que tem uma unidade de nuvem semelhante, denominada Aliyun, também assumiu o topo do mercado em IaaS na China, com market share de 22%.

Embora não tenha sido divulgada a receita obtida pela Aliyun, em termos de porte, a divisão de serviços de nuvem da companhia chinesa é de longe a líder mundial. Ela tem 1,4 milhão de clientes, contra 1 milhão da AWS, e mais de mil funcionários, contra cerca de 500 mil empregados da unidade da Amazon. O dado comum às duas empresas é que o desempenho da divisão de cloud muda a imagem de meras companhias de e-commerce e começam a ser vistas como grandes fornecedoras de nuvem e varejistas online.

Analistas ouvidos pelo site especializado no mercado financeiro Seeking Alpha avaliam que a divisão de nuvem do Alibaba tem muitas vantagens em relação aos concorrentes, já que ela tem uma carteira diversificada de clientes, que vai de pequenas a grandes empresas, portanto, a conquista de novos clientes é mais fácil. Além disso, eles observam que o gigante chinês dispõe de recursos financeiros quase ilimitados, o que permite a Aliyun fazer os investimentos necessários para ganhar participação de mercado. Por último, porque Google, IBM e Microsoft têm uma presença modesta na China, o que faz com que ela tenha menos concorrência do que a AWS. Os analistas dizem que, devido a esses fatores, a Aliyun só tende a crescer daqui para frente.

Após a divulgação do informe de resultados trimestrais da Amazon, analistas do JP Morgan projetaram a valorização da AWS em US$ 66 bilhões. Dado que a divisão de nuvem tem uma taxa de execução (desempenho futuro) que deve ficar entre US$ 6,6 bilhões e US$ 7 bilhões neste ano, o banco prevê a valorização em dez vezes a receita. Assumindo que a receita deve ficar em US$ 9 bilhões em 2016, a valorização da AWS seria de US$ 90 bilhões.

Embora as receitas da Aliyun sejam uma pequena fração das receitas da AWS — o mercado chinês de IaaS é significativamente menor do que o dos EUA ­—, o mercado chinês de nuvem pública deve crescer mais rápido. Usando dados comparativos, analistas calculam que o valor de mercado da Aliyun hoje é de US$ 22 bilhões.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial