TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

GS1 amplia padrões da tecnologia RFID para setores da Saúde e Aeroespacial

Postado em: 30/09/2011, às 16:06 por Redação

A GS1, associação sem fins lucrativos que desenvolve e gerencia um sistema global de padrões para a cadeia de suprimentos, anunciou nesta sexta-feira, 30, a ratificação de dois novos padrões para captura e troca de dados utilizando a tecnologia RFID: GS1 EPC HF RFID Air Interface Protocol 2.0.3 e GS1 EPC Header for Aerospace & Defense (padrões atualizados)

A especificação GS1 EPC HF specification é um complemento para os padrões GS1 de EPCGlobal GS1 que permitem às empresas identificar, capturar e compartilhar informações sobre produtos que tenha a tecnologia RFID embarcada e, portanto, obterem maior visibilidade nas cadeias de suprimentos.

A nova especificação foi desenvolvida para atender requisitos relacionados à segurança do paciente no setor da saúde.  É ideal para aplicações de tags na cadeia de suprimentos, para controlar o nível de etiquetagem do item, o que aumenta a velocidade de leitura em relação a sistemas HF anteriores. A especificação EPC HF v2.0.3 é compatível com os sistemas HF anteriores (ISO 15693).

O GS1 EPC Header for the Aerospace and Defense foi lançado na nova versão 1.6 dos Padrões do Tag Data Standard (TDS) e da Tag Data Translation (TDT). Este Header permitirá à indústria Aeroespacial e de Defesa utilizar o atual sistema de identificação que já utiliza nas aplicações nos aplicativos para EPC, assim como a implementação de verificações controles de segurança mais eficazes antes da decolagem de voos comerciais.

O Header EPC GS1 EPC Header é fruto da colaboração contínua com a indústria Aeroespacial e de Defesa, incluindo representantes da OTAN, Departamento de Defesa Norte-americano e a Associação Americana de Transporte Aéreo (ATA). A iniciativa abre caminho para uso do EPC/RFID pela indústria Aeroespacial e de Defesa no rastreamento de peças de aeronaves baseado em sistemas abertos. O resultado é significativa melhoria na eficácia, eliminando-se vazamento de aumentando a segurança das informações.

“Os dois anúncios são um importante passo para o progresso na utilização da tecnologia RFID”, comenta Roberto Matsubayashi, gerente de Inovação e Alianças Estratégicas da GS1 Brasil. “A opção do setor Aeroespacial e de Defesa pelo padrão EPC irá impulsionar o uso da tecnologia RFID no Brasil. Temos participantes importantes, como é o caso da Embraer, TAM e Gol. E o protocolo EPC HF, que segue o sucesso do protocolo EPC UHF Gen2, foi criado para aumentar a gama de opções para os usuários sem nenhum impacto para os softwares utilizados, e do ponto de vista técnico também leva em conta a facilidade para o desenvolvimento de leitoras e tags dual-frequency, ou que operam nestas duas frequências”, explica o executivo.
 

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top