TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

RPA é o primeiro passo para a transformação digital nas organizações

Postado em: 30/10/2018, às 18:18 por Redação

Estudo do Forrester Research divulgado neste ano revela que o mercado de RPA (Robotic Process Automation) passa por um cenário de grande crescimento pelos principais fornecedores, com índices acima de 100% ao ano, uma vez que o valor das empresas líderes subiu aproximadamente 30 vezes de 2016 a 2018. De acordo com o instituto de pesquisa, o tamanho do mercado global vem crescendo exponencialmente, saindo de US$ 100 milhões em 2015 para US$ 1 bilhão em 2018, podendo chegar acima de US$ 10 bilhões em 2013, distribuídos entre US$ 3 bi em software e, entre US$ 6 a US$ 10 bilhões em serviços.

Segundo Weslyeh Mohriak, CEO da SmartForce e representante no Brasil da Automation Anywhere, o cenário atual do RPA é automação com base em regras, processos estruturados e repetitivos e o momento é economicamente positivo para automação. "O futuro aponta para o aumento do escopo de automação, mais processos e inteligência, além de ocorrer a ampliação de benefícios por meio de capacidades analíticas e a redução do esforço de desenvolvimento de bots", comenta o executivo, que fez a palestra de abertura do RPA – Robotic Summit 2018, evento realizado no WTC Events Center, em São Paulo, nesta segunda-feira, 29, promovido pela TI INSIDE, que reuniu executivos das mais diferentes organizações.

"Os bots analytics estarão na gestão da força de trabalho digital, na análise de operação em tempo real, além de adicionar capacidades para que além de informações sobre a execução dos bots, fornecendo análises e insights para os negócios", explica o executivo.

Dessa forma, a tendência é que em 2021 serão mais de 5 milhões de bots em produção, garantindo a gestão da força de trabalho digital e também a governança, com a criação de Centros de Excelência (CoEs). Em cinco anos, trabalhadores do conhecimento não precisarão mais extrair informações de conteúdo não estruturado (e-mails, documentos, imagens, etc.). "Os funcionários que analisam informações terão liberdade para tomar decisões e cuidar das exceções dos processos normais de negócios", concluiu o executivo.

RSS
Facebook
Google+
http://tiinside.com.br/tiinside/30/10/2018/rpa-e-o-primeiro-passo-para-a-transformacao-digital-nas-organizacoes/
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial