TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Hotel europeu paga resgate a hackers que bloquearam acesso a quartos

Postado em: 01/02/2017, às 15:08 por Redação

Um dos maiores hotéis da Europa, Romantik Seehotel Jaegerwirt, na Áustria, admitiu ter pago milhares de dólares de resgate em Bitcoins a cibercriminosos que conseguiram cortar seu sistema de chaves eletrônicas, bloqueando centenas de hóspedes fora de seus quartos até que o dinheiro fosse pago.

O pedido de resgate chegou via e-mail, segundo o jornal The New York Times. O gerente de hotel Christoph Brandstätter contou à publicação que a mensagem dos hackers exigia um pagamento de dois bitcoins, ou cerca de 1.800 dólares. Caso o resgate não fosse pago até o final do dia (22 de janeiro), o valor dobraria.

"Estávamos em nossa capacidade máxima, com 180 hóspedes, e decidimos que era melhor ceder", explicou Brandstaetter. "Os hackers foram muito insistentes."

O malware utilizado pelos hackers para atacar as fechaduras eletrônicas da propriedade é um ransomware. Esse tipo de software maligno sequestra o computador da vítima e cobra um valor em dinheiro pelo resgate. Geralmente, o pagamento é pela moeda virtual bitcoin, pois é muito difícil rastrear o criminoso que irá receber o valor.

O ransomware codifica os dados do sistema operacional para que o usuário não tenha mais acesso. Depois, ele emite uma notificação para avisar que o computador está bloqueado e que será possível usá-lo novamente mediante um resgate.

A gerência do hotel na Áustria, no entanto, não quer mais saber das fechaduras eletrônicas. Após a recuperação do sistema, o gerente do hotel afirmou que a propriedade voltará a utilizar fechaduras tradicionais. "O jeito mais seguro para não ser hackeado é ficar offline", comentou Brandstaetter.

De acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, "sequestros" digitais quadruplicaram em 2016 e chegaram à média de 4.000 ao dia, atingindo desde arquivos pessoais até câmeras de segurança.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial