TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Facebook é processado em cerca de US$ 1 bilhão por ter 'servido como plataforma para terroristas'

Postado em: 11/07/2016, às 12:43 por Redação

Um advogado entrou com processo contra Facebook, no qual pede cerca de US$ 1 bilhão de indenização, alegando que a rede social permitiu ao grupo palestino Hamas a usasse como meio para realizar os ataques que mataram quatro americanos e feriu uma pessoa em Israel, Cisjordânia e Jerusalém.

"O Facebook conscientemente forneceu apoio e recursos para o Hamas, na forma de plataforma de serviços online e de comunicação, tornando-se responsável pela violência contra cinco americanos", diz a ação judicial enviada à Bloomberg pelo escritório do advogado israelense que atua no caso, Nitsana Darshan-Leitner. "Simplesmente, o Hamas usa o Facebook como uma ferramenta para se engajar no terrorismo", disse ele.

O Hamas é considerado uma organização terrorista pelos EUA, União Europeia e Israel. O processo diz que o grupo usou o Facebook para compartilhar informação operacional e tática com seus membros, afixando avisos sobre futuras manifestações, bloqueios de estradas, ações militares israelenses e instruções para seus militantes realizarem os ataques.

Em um comunicado enviado por e-mail, o Facebook disse que não comenta sobre processos judiciais. Mushir al-Masri, líder do Hamas, disse por telefone que o "processo contra o Facebook mostra claramente a política americana de luta contra a liberdade de imprensa e de expressão, e é uma evidência de preconceito dos EUA contra o grupo e apenas a sua causa".

O processo foi aberto no Tribunal Federal do Distrito Sul de Nova York, neste domingo, 10. Entre os requerentes na ação judicial estão os familiares de Yaakov Naftali Fraenkel, um jovem de 16 anos assassinado em junho de 2014 depois de pegar uma carona na Cisjordânia, e de Chaya Braun, de 3 anos de idade, cujo carrinho de bebê foi atingido intencionalmente por um motorista palestino em outubro de 2014 em uma estação de trem em Jerusalém.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial