TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Obama assina ordem para incentivar empresas a compartilhar dados sobre ameaças cibernéticas

Postado em: 13/02/2015, às 17:41 por Redação

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assinou uma ordem executiva nesta sexta-feira, 13, com objetivo de incentivar as empresas a compartilhar com o governo e entre si mais informações sobre ameaças cibernéticas, em resposta a ataques recentes ocorridos contra a Sony Entertainment e a Anthem, uma das maiores empresas de seguro-saúde dos EUA, que resultou no roubo de milhões de senhas de clientes.

Obama vai assinar a ordem durante uma conferência sobre segurança cibernética nesta sexta-feira, que durará o dia inteiro, na Universidade Stanford, na Califórnia. Ela reflete tanto o sentido de urgência que funcionários da Casa Branca estão dando à segurança cibernética quanto os limites do esforço do governo.

É que as grandes empresas do Vale do Silício tem se mostrado relutantes em apoiar plenamente a obrigação de compartilhar mais informações sobre segurança cibernética sem reformas nas práticas de vigilância do governo expostas pelo ex-prestador de serviços da Agência de Segurança Nacional (NSA) Edward Snowden. Uma parte significativa da ordem executiva é para pressionar as empresas a compartilhar mais informações sobre ameaças cibernéticas com os seus pares.

A ordem prepara o terreno para o "compartilhamento de informação e análise de organizações" (ISAOs, na sigla em inglês), liderado pelo setor privado — centros onde as empresas trocarão dados sobre ameaças cibernéticas umas com as outras e também com o Departamento de Segurança Interna.

"Acreditamos que, ao definir claramente o que contribui para uma boa ISAO, isso vai tornar a obrigação de proteção de organizações setoriais mais fácil e mais acessível ao público e defensores das liberdades civis e da privacidade", disse Michael Daniel, coordenador de Obama na área cibernética, a agência de notícias internacionais e à imprensa local.

Especialistas em segurança cibernética disseram que a ordem executiva de Obama é um passo modesto diante de uma das principais prioridades: a defesa de empresas de ataques como os de que foram alvo a Sony e a Anthem.

A ordem executiva é apenas uma das várias medidas tomadas esta semana pela Casa Branca para tentar melhorar as ações do governo sobre ameaças cibernéticas. Na terça-feira, 10, a Casa Branca anunciou a criação do Centro de Inteligência Integrada para Ameaça Cibernética (CTIIC, na sigla em inglês), que funcionará como "um centro que 'ligará os pontos' entre as várias ameaças cibernéticas para que departamentos e agências de inteligência fiquem sabendo das ameaças o mais rápido possível", disse o funcionário do governo.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial