TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Balanço da Vasco Data Security apresenta aumento de receitas e de lucro

Postado em: 24/07/2014, às 19:44 por Redação

A Vasco Data Security Inc divulgou nesta quinta-feira, 24, seus resultados financeiros relativos ao segundo trimestre e aos primeiros seis meses de 2014, encerrados no último dia 30 de junho. As operações em andamento para o segundo trimestre deste ano cresceram 28%, atingindo a casa dos US$ 47,7 milhões em comparação com os US$ 37,3 registrados no mesmo período de 2013. No comparativo entre os primeiros seis meses, o crescimento em 2014 foi de 19%, alcançando a marca de US$ 86,5 milhões em relação aos US$ 72,6 milhões dos primeiros seis meses do ano passado.

O lucro bruto das operações contínuas foi de US$ 6,9 milhões no segundo trimestre de 2014, ou US$ 0,17 por ação, um aumento de US$ 5 milhões, ou 236%, quando comparado com o US$ 1,9 milhão, ou US$ 0,05 por ação, registrado no segundo trimestre de 2013. O lucro bruto semestral destas operações foi de US$ 10,4 milhões, ou de US$ 0,26 por ação. Este desempenho representa uma evolução de 14% em relação aos US$ 4,3 milhões, ou US$ 0,11 por ação, verificados no primeiro semestre de 2013.

A receita operacional das operações contínuas no segundo trimestre de 2014 foi de US$ 7,6 milhões, um aumento expressivo de 297% em comparação a igual período do ano passado. O lucro bruto, quando incluído o impacto das operações descontinuadas, foi de US$ 6,9 milhões no segundo trimestre deste ano, ou US$ 0,17 por ação, um incremento de US$ 5,1 milhões, ou 283%, sobre o US$ 1,8 milhão, ou US$ 0,05 por ação, relativos ao primeiro trimestre de 2013. Na análise semestral, a evolução foi de 126%, saltando de US$ 4,6 milhões nos seis primeiros meses do ano passado para US$ 10,4 milhões no primeiro semestre deste ano.

Os ganhos antes dos juros, taxas, depreciação e amortização (EBITDA) das operações contínuas foram, respectivamente, de US$ 9,5 milhões e de US$ 15,4 milhões no segundo trimestre e no primeiro semestre de 2014. A evolução foi de 191% e 120% respectivamente no comparativo entre os seis primeiros meses de 2014 e de 2013.

A empresa anunciou neste período a aquisição da Risk IDS, provedora de soluções de autenticação baseadas em risco para a comunidade internacional de bancos, bem como ingressou da Aliança FIDO (Fast Identity Online), consórcio da indústria que define padrões para uma autenticação mais forte e simples durante das transações feitas online.

As projeções da Vasco para o ano de 2014 inclui um aumento da receita oriunda dos negócios tradicionais de US$ 175 milhões para US$ 180 milhões. "Estamos muito contentes com os resultados tanto do segundo trimestre como dos primeiros seis meses de 2014", comenta T.Kendall Hunt, chairman e CEO da Vasco. "Ao longo do primeiro semestre deste ano, permaneceu aquecido o número de ordens tanto para nossos produtos tradicionais como para os novos empregando a tecnologia Cronto. A força tanto das novas ordens como dos pedidos projetados nos dão a confiança de ampliar a nossa projeção para este ano tanto de receita como de margens operacionais. Estamos também muito felizes em expandir o nosso portfolio de tecnologias de autenticação com a aquisição da Risk IDS. Embora pequena, ela nos dá uma importante base na qual podemos investir e construir as nossas próprias soluções contextuais de autenticação".

Para Jan Valcke, presidente e COO da Vasco, "os resultados do segundo trimestre e dos seis primeiros meses deste ano refletem as melhorias de nossos negócios em diversas áreas quando comparados com o mesmo período de 2013". De acordo com o executivo, "as receitas tanto dos mercados bancários como de segurança empresarial cresceram nesse período, melhoramos nossas margens operacionais, o que se reflete no incremento que tivemos em nosso modelo operacional, e também cresceram as receitas de nossos produtos não-hardware, que incluem os produtos móveis e os voltados para sistemas de hospedagem".

"Acredito que os investimentos que fizemos anteriormente em nossos produtos, seja através de aquisições como de desenvolvimento interno, estão gerando forte retorno. Acredito ainda que os investimentos feito no atual trimestre, relacionados a soluções de autenticação baseadas em risco, resultarão em um produto forte para os próximos anos à medida em que continuarmos a desenvolvê-las internamente", conclui Jan Valcke.

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top