TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

10 tendências de analytics para 2019 que devem ser observadas

Postado em: 07/04/2019, às 22:17 por Celso Oliveir

Os líderes da atualidade lidam com diversas questões em paralelo. A tecnologia está evoluindo muito rapidamente. Os clientes esperam mais, a competição está mais acirrada. Como resultado, as organizações estão sendo desafiadas a agregarem ao seu dia a dia capacidades preditivas. E, na medida em que a inteligência artificial, as demandas por crescimento acelerado e as pressões pela tal transformação digital ganham destaque, muitos passam a perceber que a abordagem analítica segmentada utilizada até então não foi construída para durar. Demorar horas para tomar uma decisão não leva a lugar algum.  Podemos dizer que, no que diz respeito às tendências de analytics para 2019, esse ano será um ponto de virada para muitas organizações, pois elas já estão percebendo que apenas ser "orientado por dados" não garante sucesso futuro. Não basta priorizar as análises. O foco e os esforços devem ser voltados para resultados de negócios definidos e tangíveis.

Baseado em um compilado de informações provenientes de quem mais sabe de BI, data analytics e transformação digital no mundo, gostaria de compartilhar com vocês 10 tendências de analytics para 2019 e que também devem estar em foco até 2030.  Trata-se de questões que os líderes de hoje precisam entender para transformar empresas comuns em empresas inteligentes e, assim, perceber as oportunidades que estão por vir:

#1 Dados orientados a resultado e não somente para visualizações;

#2 Revelar as potencialidades da inteligência artificial e da análise aumentada para uma tomada de decisão mais preditiva, ética e transparente;

# 3 Análise "self-evident" através do HyperIntelligence superará as análises "self-service" em 2019. Chegamos a um ponto em que alguns cliques ainda é muito para quem busca os insights de maneira rápida. A tendência é a do zero clique e do Smart Discovery e das respostas chegando até quem precisa delas;

# 4 A incorporação de inteligência nas aplicações permitirá aos usuários corporativos concentrar-se em novas ideias e inovar muito mais rapidamente do que antes;

# 5 Análises avançadas para a produção em escala. Ao usar os dados de forma ampla, os verdadeiros líderes estão trazendo capacidades preditivas e até mesmo ações prescritivas recomendadas para a produção em escala;

# 6 Aumentar ainda mais a colaboração.  O objetivo, quando se trata de descobertas de dados, não deve ser somente analítico ou para apresentar consistentemente um único ponto de vista, mas sim trabalhar de maneira colaborativa para levar a insights e ações que melhorem os resultados finais da organização;

#7 Difundir ainda mais mobilidade é um ponto crucial para o sucesso das organizações. Para abraçar a mobilidade empresarial, as corporações devem identificar seus objetivos e necessidades, bem como as ferramentas para apoiá-las nesse sentido;

#8 As estratégias de Inteligência Artificial tornam-se uma necessidade, especialmente para os dados e análises mais relevantes aos negócios. Uma solução completa de gerenciamento de dados, que englobe qualidade dos dados, governança, segurança e metadados, é mais do que mandatória nesse momento;

#9 Os líderes devem tomar as melhores decisões hoje e traçar os melhores passos para garantir o sucesso no futuro;

# 10 A evolução do analytics irá acelerar cada vez mais. Até 2025, mais de um quarto de todos os dados criados serão em tempo real, com 95% deles gerados por aplicações de IoT.

Em suma, essas tendências de analytics para 2019 mostram que para crescer e prosperar nesta era, na qual a ruptura digital está cada vez mais acelerada, é preciso ter dados acessíveis, insights acionáveis, inovação contínua e novos modelos de negócios. Tudo isso requer gerenciamento e segurança de dados de ponta a ponta e uma plataforma corporativa.

O futuro pertence às empresas que antecipam desafios regulatórios, tecnológicos, de mercado e competitivos em constante evolução e os transformam em oportunidade e lucro. Também pertence às empresas que são capazes de conectar-se a qualquer dado e distribuir relatórios para milhares de pessoas, bem como àquelas que vão além da inteligência de negócios para fornecer insights para todos os departamentos, dispositivos ou pessoa por meio de experiências em tempo real, naturais e de clique zero.  Ou seja, o futuro pertence a quem realmente adere ao cenário de empresa inteligente.

Celso Oliveira, country manager da MicroStrategy.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial