TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

OLX passa a operar 100% na nuvem

Postado em: 15/01/2018, às 19:01 por Redação

A OLX, plataforma de compra e venda online do Brasil, converteu toda a sua operação para cloud computing. Agora, 100% da demanda está hospedada na Amazon Web Services.

Os números de tráfego da companhia atigem 50 milhões de usuários únicos; 1,5 bilhão de pageviews (desktop e mobile); 500 mil novos anúncios por dia e 2 milhões de vendas por mês. Por isso, o nível de exigência para performance e segurança são altos.

A escolha pela nuvem da Amazon foi estratégica. "Grande parte da equipe já tinha experiência com a Nuvem da Amazon, o que facilitou a migração. Além disso, a nuvem da Amazon hoje é a mais madura do mercado e essa foi uma referência importante para a escolha do provedor. Ela já é arquitetada com foco em continuidade e contingência e, considerando nossos números altíssimos de demanda, a segurança geral da operação foi outro fator que pesou na escolha", destaca Bernardo Carneiro, CTO da OLX. O processo de migração durou seis meses, sem impacto significativo na operação.

Ele explica que, apesar de a tecnologia principal escolhida pela OLX seja a AWS, a empresa está investindo em testes multicloud. O software de gerenciamento permite que a organização mantenha parte da busca na Amazon e parte no Google. "Assim, conseguimos tirar o melhor de cada tecnologia para entregar o máximo possível de agilidade e performance ao nosso usuário", destaca o executivo. "Hoje, usamos balanceamento elástico e expansão de disco sem limitações. Até então, a tecnologia que usávamos tornava a operação cada vez mais cara em virtude do alto volume de tráfego na plataforma", afirma.

A tecnologia em nuvem permite que a empresa foque no desenvolvimento de ferramentas que melhorem a experiência do cliente. "A adoção por cloud é uma tendência global e que só tende a evoluir. Nos próximos anos, nossa intenção é desenvolver a plataforma com foco em machine learning. Até 2020 pretendemos ter – ao menos – 80% dos times utilizando desta plataforma", conclui o executivo.

O CTO da OLX explica que com a nova estrutura de nuvem será possível atender uma demanda maior de usuários sem alteração no nível do serviço, mesmo em tempos de maior exigência operacional, como, por exemplo, após uma campanha de marketing.

RSS
Facebook
Google+
http://tiinside.com.br/tiinside/services/15/01/2018/olx-passa-operar-100-na-nuvem/
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial