TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

F. Iniciativas tem meta agressiva de crescimento baseada em projetos de inovação

Postado em: 20/03/2018, às 00:42 por Redação

Embora a cultura de inovação ainda caminhe de forma lenta no Brasil, a inovação já funciona como mola propulsora para o desenvolvimento da economia em alguns países, por gerar novos empregos e fomentar a competitividade no mercado. Com operação local desde 2011, a F. Iniciativas, consultoria especializada na gestão de incentivos fiscais e financiamento à Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) tem se destacado no apoio à centenas de projetos bem sucedidos no mercado brasileiro.

Ao todo, os projetos conduzidos pela consultoria geraram cerca de R$ 910 milhões de investimentos em P&D e uma dedução fiscal de mais de R$ 230 milhões às empresas clientes. Desde a sua chegada ao Brasil, a F. Iniciativas ampliou o número de clientes em 27 vezes e, nos últimos anos, cerca de 40% do faturamento da empresa foi decorrente de novos negócios. Para 2018, a expectativa da consultoria é manter sua agressiva meta de crescimento para atingir uma receita de R$ 35 milhões.

O Brasil já corresponde a mais de 10% do faturamento mundial do grupo, que possui atuação em nove países, atrás somente de França e Espanha, e à frente de Portugal, Chile, Canadá, Reino Unido e Bélgica. "A operação brasileira é vista com muito otimismo pela corporação. Temos um mercado continental, principalmente comparado às nossas unidades europeias. O anseio é que com a retomada da economia e com a otimização dos conceitos dos incentivos, tornando-os mais abrangentes, consigamos manter nossa excelente margem de crescimento", ressalta Rafael Costa, gerente de Operações da F. Iniciativas.

Inovação é calcanhar de Aquiles

Os projetos para uso dos incentivos fiscais da Lei do Bem são o carro-chefe dos negócios da F. Iniciativas no país, correspondendo a 90% do seu faturamento. Criada em 2005 pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, (MCTIC), a Lei 11.196 tem por objetivo estimular o desenvolvimento em inovação tecnológica no Brasil, por meio de concessões de incentivos fiscais para as empresas que desenvolverem novas tecnologias no território nacional.

Mais de 500 projetos de Lei do Bem foram já conduzidos pela F. Iniciativas, que geraram cerca de R$ 185 milhões em dedução fiscal para os clientes participantes. No ano-base 2016, a F. Iniciativas foi responsável por cerca de 30% das empresas que apresentaram candidaturas à Lei do Bem.

No entanto, de acordo com a consultoria, apenas 991 empresas usufruíram dos incentivos fiscais concedidos pelo governo federal, o que representa um aproveitamento de menos de 1% das empresas, segundo dados do IBGE. Costa alerta sobre a necessidade das empresas engajarem-se mais em projetos baseados nos benefícios da Lei do Bem e Lei da Informática, por exemplo, para manterem-se competitivos. "Infelizmente os investimentos privados na área de P&D ainda são baixos e é imperativo que as empresas brasileiras conscientizem-se da importância da inovação para estimular o crescimento econômico do país. Ampliar a visibilidade desse tema para que as empresas tenham mais informação sobre as leis de incentivo já seria um grande passo na direção de uma economia mais estável e mais inovadora. Nada mais atrativo do que usar a dedução fiscal como principal via para alcançar a inovação", finaliza o executivo.

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top