TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Embratel desenvolve soluções de Internet das Coisas para área de saúde

Postado em: 27/10/2018, às 22:54 por Redação

A Embratel está desenvolvendo soluções para monitoramento da qualidade de medicamentos em farmácias. As soluções são produzidas em parceria com as empresas Fibo, Sierra Wireless, Konker e Bunker.

A primeira solução é um sistema que permite monitoramento automático de temperatura e umidade dos medicamentos, um requisito da ANVISA para que seja utilizada em qualquer farmácia. Atualmente o monitoramento é feito manualmente, pelo menos três vezes por dia para cada sensor – uma farmácia tem em média de 3 a 4 sensores.

A segunda solução é um conservador de vacinas conectado, que também precisa ser monitorado para garantir a qualidade dos produtos nele armazenados.

Ambos os sistemas usarão padrão de comunicação NB-IOT – Cat-M1, que permite conectar um grande número de sensores com um baixo custo. A solução funciona em "plug-and-play", sendo que o cliente precisa apenas ligar o equipamento na tomada para ter acesso imediato aos dados gerados.

"O processo de desenvolvimento de soluções de IoT na Embratel acontece em várias etapas com empresas parceiras até chegar a uma solução ideal para o cliente. Por isso, estamos seguros que as ofertas da Embratel são as melhores do mercado", diz Elisabete Couto, Diretora de IoT da Embratel. Segundo a executiva, somente com esse formato é possível trabalhar nas quatro camadas da Internet das Coisas – dispositivos, conexão, integração e aplicações – e atender integralmente às demandas dos clientes.

No caso do conservador de vacinas, este sistema permitirá um monitoramento contínuo de temperatura e umidade, e será capaz de sinalizar defeitos de funcionamento, porta aberta, parada de energia elétrica, etc.

Com essa abordagem, os clientes conseguem eliminar etapas custosas de instalação de infraestrutura de rede ou WiFi e reduzir o tempo da equipe necessária para monitorar o equipamento, melhorando a qualidade da atividade e minimizado o risco de descarte necessário em produtos de alto valor agregado como vacinas.

O conservador com a tecnologia embarcada está em fase de ensaios para certificação ANATEL e INMETRO. Uma vez certificado, as farmácias poderão dispensar registros manuais de temperatura e umidade, tornando a sua relação com o órgão regulador mais previsível e menos onerosa.

RSS
Facebook
Google+
http://tiinside.com.br/tiinside/services/27/10/2018/embratel-desenvolve-solucoes-de-internet-das-coisas-para-area-de-saude/
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial