TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Como a Inteligência Artificial pode ajudar a encontrar o trabalho dos sonhos

Postado em: 22/11/2017, às 11:32 por Raj Mukherjee

Poucas coisas são mais gratificantes do que conseguir o emprego perfeito. Quando a combinação entre o que você quer fazer, o que o empolga e o que alimenta a sua paixão se alinha às necessidades de uma empresa, é como um sonho que se torna realidade.

Se olharmos para dez anos atrás, os melhores empregos eram muitas vezes divulgados no 'boca a boca' e, mesmo quando publicados, eram difíceis de serem encontrados. Desde então, o compilado de vagas oferecidas resultou no fato de que todos os usuários online possuem acesso igual à informação, mudando fundamentalmente a forma como as pessoas procuram trabalho. Mas com a maioria das ofertas de empregos agora estando online, encontrar os melhores trabalhos sem a ajuda da Inteligência Artificial (AI) seria como encontrar agulha no palheiro.

AI alimentada pelo comportamento de quem busca emprego

No Indeed, por exemplo, o mecanismo de busca ajuda os usuários a encontrarem facilmente empregos relevantes por meio de algoritmos, com base em dados coletados em 14 anos sobre o comportamento de quem busca emprego para aprender e melhorar continuamente a relevância das ofertas exibidas. O mecanismo usa a AI para classificar os empregos relevantes e ajudar quem busca trabalho a compreender quando uma vaga é ideal. No último ano, foi possível dobrar a relevância da exibição de empregos perfeitos no Indeed.

Um dos mais recentes exemplos do uso da AI no Indeed é a previsão de salário, um quesito bastante importante para as pessoas na hora de avaliar uma vaga. Ainda assim, muitas empresas não fornecem esse tipo de informação. Ao usar recursos de terceiros e centenas de milhões de dados sobre salários, os algoritmos podem prever a faixa salarial para os empregos quando a empresa não fornece.

A AI alimentada pelos dados sobre o comportamento de busca também é usada de muitas outras maneiras. Outro exemplo é a identificação de empregos com tempos de deslocamento razoáveis. Ao monitorar onde os candidatos buscam trabalho em milhares de buscas similares, os padrões evoluem e treinam os algoritmos para oferecer empregos com tempos de deslocamento razoáveis – tudo isso sem que o algoritmo saiba nada sobre a geografia local, horários do transporte ou padrões de congestionamento de trânsito.

A tecnologia AI melhora a experiência de quem busca emprego

Usar o comportamento de quem busca emprego, além de bancos de dados externos, foi um ótimo começo para aumentar a relevância da AI. Por meio de currículos e de comentários sobre as empresas escritos por funcionários, também há uma grande quantidade de dados não estruturados.  As descrições de emprego são exploradas com algoritmos de Processamento de Linguagem Natural (NLP, na sigla em inglês) para extrair os detalhes dos requisitos de experiência e habilidades que uma empresa prefere. Para quem busca emprego, o NLP é usado para entender melhor os desejos pessoais nos currículos e comentários sobre empresas. Esses dados podem aumentar significativamente o sucesso da previsão de uma combinação e criar um cenário mais aprofundado sobre uma oportunidade.

Indo além dos currículos e das descrições de emprego

As descrições de emprego e os currículos continuam sendo as primeiras impressões disponíveis, tanto para quem busca emprego quanto para os empregadores, e ainda são os dados padrões para a combinação de algoritmos. No entanto, esses documentos oferecem apenas uma visão geral. Com as atuais descrições de vagas, muitas vezes é difícil para quem busca emprego entender se a oferta é boa ou não. Já para o empregador, não é fácil saber em profundidade a experiência de um candidato. Um currículo escrito para atingir uma empresa provavelmente é errado para outro. A tecnologia de avaliação orientada a AI pode ajudar nesse processo.

Na busca por candidatos com habilidades específicas, a AI pode pesquisar a descrição do trabalho e sugerir avaliações que sejam apropriadas. Ela pode reduzir ainda mais o tempo necessário para entender as qualificações ao automatizar o teste, classificando os resultados e recomendando candidatos. Ao permitir que um candidato a emprego forneça informações de forma interativa que correspondam aos requisitos de um empregador, as avaliações podem fornecer confiança ao empregador de que o candidato está pronto para o trabalho. Bem executadas, essas avaliações podem ajudar a remover os preconceitos humanos que resultam em organizações com problemas de diversidade.

Para quem busca emprego, saber mais sobre o que o empregador precisa e que suas aptidões são ideais podem ser muito importantes. Avaliações podem ser recomendadas com base na experiência encontrada nos currículos. Essas avaliações podem fornecer ao candidato orientações sobre o que precisa ser melhorado, quais empregos se candidatar e a compreender a sua classificação em habilidades específicas quando comparado a outros interessados no mesmo emprego.

A AI continuará redefinindo o processo de contratação

A AI está mudando rapidamente a indústria de recrutamento. Os recursos tradicionais para buscar empregos – currículos, networking etc. – sempre serão úteis para encontrar um ótimo trabalho. Mas eles são uma pequena fatia do que pode ser feito atualmente. Quando tantos empregos podem ser vistos online com a tecnologia de combinação alimentada pela AI em constante evolução – onde os trabalhos vêm para você – esses métodos tradicionais devem ser ampliados com pesquisas online, avaliações e outras inovações para encontrar o melhor emprego disponível e transformar o trabalho dos sonhos em realidade.

Raj Mukherjee, vice-presidente sênior de produtos da Indeed.

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top