Dapx propõe nova metodologia para contagem de pacientes diabéticos no Brasil

0
0

Estudo realizado pela Dapx – consultoria em inteligência de mercado voltada para o segmento healthcare – desenvolvido com uma nova metodologia, possibilitou identificar que o Brasil já conta com cerca de 16 milhões de diabéticos, número 34% superior ao divulgado pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

Os dados foram analisados no período de 2008 a 2013. Para se chegar a este número de portadores da doença, foram utilizadas informações de pacientes de bancos de dados exclusivos Dapx, envolvendo informações dos sistemas de saúde privado, público e consumo em farmácias. A metodologia da Dapx levou em conta os índices de riscos (médio, alto e muito alto), segundo o IBGE, sobre pacientes que possuem o diagnóstico de Diabetes Mellitus e também são portadores de Hipertensão Arterial, uma das principais doenças associadas ao diabetes.

Segundo a ANS existem 12 milhões de diabéticos no Brasil (Dados de 2013 do IBGE*). Mas com o uso da metodologia Dapx chegou-se ao número de 16 milhões de portadores da doença.

Este trabalho foi publicado em evento nacional da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), no Rio de Janeiro, e evento internacional, promovido pelo Instituto de Ciências Biomédicas Alberto Salazar, da Universidade do Porto, de Portugal, ambos no final de 2014.

A Dapx decidiu se dedicar a este estudo, já que a diabetes é uma doença que demanda muita atenção do Governo e da indústria farmacêutica. Para a consultoria americana Kantar Health, em 2035 1 em cada 10 mil habitantes será diabético no mundo.

"Um estudo como este, apresentado pela Dapx, pode auxiliar o Governo em novas ações para diagnóstico e tratamento, assim como a indústria em seus planejamentos estratégicos e novos lançamentos. Com o uso dos algoritmos DAP (Data Algorithm Process), pode-se identificar uma série de outros dados, como geoestatística, faixa etária, outras doenças, nome de medicamentos, jornada dos pacientes entre outras informações", explica o CEO da Dapx, Giovani Henrique.

A Dapx elabora e entrega estudos únicos, a partir de análises baseadas em informações exclusivas de mercado. Dessa forma, transforma dados em inteligência para uma consultoria completa, que engloba desde estudos epidemiológicos, até detalhes de prescrição e consumidor final, em diversas áreas terapêuticas.

Deixe seu comentário