Megainvestidor obtém financiamento e complica recusa de comitê especial da Dell

0

Mesmo depois do comitê especial da Dell ter rejeitado oferta para recompra de ações feita pelo acionista Carl Icahn, o megainvestidor conseguiu arrecadar mais de US$ 5 bilhões em empréstimo-ponte para apoiar a proposta de recapitalização da fabricante de PCs, o que viabiliza seu plano de pagar um preço US$ 0,35 superior ao proposto por Michael Dell, em consórcio com o fundo de private equity Silver Lake Partners, que ofereceu US$ 13,65 por ação da companhia, perfazendo um total de US$ 24,4 bilhões.

Segundo o blog de tecnologia All Things Digital, o financiamento de cerca de US$ 5,2 bilhões foi realizado pelo Jefferies Group, banco de investimentos americano, o que se contrapõe à informação do comitê de que a proposta não contava com financiamento nem com o comprometimento de nenhuma das partes participantes. Em carta aberta aos acionistas enviada no mês passado, Icahn fez uma oferta pública de aproximadamente 1,1 bilhão de ações ao preço de US$ 14 a ação. 

Agora, está nas mãos da empresa de consultoria Institutional Shareholders Services (ISS), que deverá emitir parecer sobre qual negócio os acionistas devem apoiar. A ISS se reuniu com outra consultoria, a Glass Lewis, na semana passada, de acordo com o blog, e a decisão dessa reunião deve ser divulgada no fim desta semana, o que deve exercer grande influência sobre os acionistas.

Para aprovar uma proposta ou outra é preciso do voto de 42% dos acionistas e, como Michael Dell não pode votar, as incertezas ainda pairam sobre a proposta que deve prevalecer. Representando cerca de 18% dos detentores de papéis da empresa, incluindo Icahn, o fundo de investimentos Southeastern Asset Management e a empresa de fundo mútuo T. Rowe Price se opõem à proposta de Michael Dell e o Silver Lake. A votação está agendada para ocorrer no dia 18 deste mês.

Após Icahn divulgar que obteve financiamento, o comitê especial do conselho de administração da Dell voltou atrás e emitiu nota dizendo que reviu a carta aberta do megainvestidor e que "terá o prazer de rever qualquer informação adicional, incluindo compromissos de financiamento, sobre a proposta de recapitalização da empresa. O comitê continua empenhado em alcançar o melhor resultado para todos os acionistas da Dell".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui