Empresas brasileiras devem elevar investimento em computação em nuvem neste ano

1
30

A crescente demanda por flexibilidade e escalabilidade no uso de recursos de TI para apoio aos negócios tem impulsionado o mercado de cloud computing no Brasil. Estudo realizado pela Frost & Sullivan com líderes de TI de 121 empresas brasileiras, de diversos segmentos da economia, revela que 23,1% delas estão avaliando o adoção desse conceito, enquanto 15,7% dessas companhias já tinham desenvolvido projetos piloto de computação em nuvem. O levantamento também revela que 50% das empresas planejam aumentar em mais de 10% seus orçamentos em soluções em nuvem neste ano, enquanto 29,3% delas pretendem ter mais de 30% de sua infraestrutura na nuvem.

Apesar do cenário promissor, apenas 23,1% das empresas entrevistadas tinham implantado ou estavam em processo de implementação de uma solução em nuvem, enquanto 38,1% delas não tinham adotado qualquer solução relacionada à cloud computing.

Ainda de acordo com o relatório, um dos mais importantes impulsionadores para a computação em nuvem no Brasil é a disponibilidade de infraestrutura de TI, segundo 84,6% das empresas entrevistadas. Para 81,3% dos executivos de TI dessas organizações, a redução de custos é o principal fator para migrarem sua infraestrutura para a nuvem.

Deixe seu comentário