Santander e Monitise investem 20 milhões de euros para criar fundo voltado a 'fintechs'

0
47

O banco Santander e a fornecedora de soluções de mobile banking Monitise anunciaram nesta quarta-feira, 1º, que firmaram acordo para a criação de uma joint venture destinada a investir em novas startups financeiras, as chamadas "fintechs" (do inglês financial technology), consideradas hoje como umas das maiores ameaças para o setor bancário tradicional.

Em comunicado, a Monitise informa que as empresas investirão 10 milhões de euros, cada, no novo fundo, ao longo dos próximos dois anos. O fundo de investimento, que será lançado até o fim deste ano em Londres, não teve o nome revelado. Ele será comandado por Julio Faura, um dos líderes de inovação do Santander, e presidido pelo fundador da Monitise, Alastair Lukies.

Ao se tornarem parceiras do Santander — classificado pela Forbes como o 10º maior banco do mundo — e da fornecedora britânica, as startups que receberem investimentos irão poder usufruir da nova plataforma baseada na nuvem da Monitise, projetada para conectar os bancos à inovação digital.

A joint venture não é o primeiro investimento do banco espanhol em fintechs. No ano passado, o Santander já havia criado outro fundo, de quase 64 milhões de euros, para investir em startups financeiras.

Deixe seu comentário