Vivendi vende participação na Beats Electronics à Apple por US$ 404 milhões

0
4

A Vivendi, companhia francesa que detém o maior selo musical do mundo, a Universal Music Group, a maior operadora de TV paga da França, o Canal Plus, e a fornecedora de banda larga brasileira GVT, entre outros negócios, vendeu sua participação na Beats Electronics, fabricante de fones de ouvido e fornecedora do serviço de música por assinatura Beats Music, para a Apple, por US$ 404 milhões, de acordo com a Bloomberg. A fabricante do iPad e iPhone havia adquirido o controle da Beats em maio passado, por US$ 3,2 bilhões.

O grupo francês detinha 13% da Beats por meio da Universal Music. Desde que iniciou uma revisão em sua estratégia empresarial há cerca de dois anos, a Vivendi já contabilizou mais de US$ 30 bilhões com a venda de ativos, incluindo a venda, ainda pendente, da unidade de telecomunicações SFR, em um acordo de US$ 23 bilhões. A estratégia é concentrar seus ativos em mídia.

Apesar da venda da participação na Beats, a Vivendi manterá ativos em uma empresa de música na internet entre seus investimentos, com uma participação no serviço de música por streaming Spotify, por meio da Universal Music, que compete com o Beats Music, bem como a rival francesa Deezer.

Procurada pela agência de notícias, a Universal Music se recusou a comentar o assunto.

Deixe seu comentário