Odebrecht cria nuvem privada para agilizar serviços

0
46

A Odebrecht utilizou a plataforma de computação unificada da Cisco UCS (Unified Computing System) para a criação de sua própria nuvem privada, para ser utilizada por 15 em diferentes áreas de negócio e também ampliar seus serviços.

Em 2011, a Odebrecht passava por um momento de expansão e diversificação e decidiu criar sua própria nuvem. Até então, era utilizado um modelo convencional de data center com máquinas físicas que não acompanhava o crescimento e a flexibilidade exigida pela organização. Com o Cisco UCS, a Odebrecht pôde unificar computação, rede e armazenamento em única infraestrutura, reduzindo custos e otimizando espaço.

O projeto também simplificou o gerenciamento da TI da Odebrecht, presente em 23 países. Como a plataforma da Cisco possibilita a configuração rápida em perfis, a implementação inicial durou apenas 2 meses. Além disso, a facilidade da computação em nuvem agilizou a operação de TI da Organização: serviços que antes levavam 90 dias, agora são disponibilizados em apenas 2 semanas.

Organização Odebrecht

Fundada em 1944, a Odebrecht é uma empresa brasileira com presença global. Atua nos segmentos de engenharia civil, construção, química, petroquímica, bioenergia, engenharia ambiental, defesa, investimentos e concessões, imobiliário, óleo e gás, naval, transporte e logística. Presente em 23 países, a ela emprega aproximadamente 200 mil profissionais de 70 diferentes nacionalidades e exporta produtos e serviços para mais de 70 países. Em 2013, a Odebrecht registrou uma receita bruta de R$ 96,9 bilhões.

Deixe seu comentário