Base de carros com conectividade vai quase dobrar até 2025, diz estudo

0
44
O mercado de carros conectados – aqueles com dispositivos de conectividade à internet – deve quase dobrar nos próximos cinco anos, saindo de 110 milhões, em 2020, para 200 milhões em 2025. De acordo com o levantamento, as operadoras de telefonia móvel estarão entre os principais beneficiados, já que a incorporação de eSIMs (SIM embutido) no veículo permitirá a geração de US$ 3 bilhões em receita de serviço adicionado de conectividade M2M (máquina a máquina) até 2025.

A nova pesquisa, "Estratégias de Operador de Carro Conectado: Oportunidades Futuras e Previsões de Mercado 2020-2025", prevê que os eSIMs atuarão como o catalisador para futuras implantações de serviço de operadoras no segmento de carro conectado. Outro mercado que deve registrar crescimento é o de OEMs automotivos com fabricantes de formas menores e de maior durabilidade dos módulos eSIM.

A pesquisa incentiva as operadoras a aproveitarem acordos de atacado com OEMs automotivos para criar fluxos de receita estáveis ??do mercado de carros conectados. No entanto, as operadoras devem garantir o fornecimento de serviços de gerenciamento, seja diretamente ou por meio de parcerias com plataformas de IoT estabelecidas, para atrair OEMs automotivos de alto gasto para suas redes.

A pesquisa prevê que haverá 30 milhões de veículos conectados à rede 5G até 2025. Como a conectividade 5G incorporada se torna mais prevalente em veículos, prevê-se que 25% dos dados celulares gerados por veículos serão atribuídos a veículos com capacidade 5G pelo mesmo ano, apesar de representar apenas 14% da base instalada de veículos com conectividade embutida.

Deixe seu comentário