Sencinet, nova proprietária das operações locais da BT na AL, inicia operações

0
36

A integradora de telecomunicações e serviços em nuvem Sencinet começa oficialmente a operar nesta quinta-feira, 1º , através de uma rede que oferece conectividade de alta capacidade em toda a América Latina. O projeto é resultado da aquisição das operações domésticas da América Latina da BT (British Telecommunications) pelo CIH Group, uma empresa de private equity global com sede em Washington D.C. e Cingapura.

A Sencinet inicia suas operações com 500 funcionários distribuídos em 16 países e uma empresa que entregou receita de 150 milhões de dólares (GBP110m) para BT no ano fiscal 2018/19. A nova empresa conecta mais de 25.000 localidades na Argentina, Brasil, Ilhas Virgens Britânicas, Equador, Chile, Colômbia, Costa Rica, República Dominicana, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá e Peru e Estados Unidos.

Seu portfólio de clientes de cerca de 400 empresas é composto por marcas líderes em segmentos como petróleo e gás, energia, mineração, governo, bancos, telecomunicações e operadoras de varejo, entre outros. A rede e a infraestrutura da Sencinet são compostas por duas redes de fibra com extensão total de 650 km, além de 2.000 km de linhas de fibra alugadas, quatro Data Centers de nível superior e cinco Teleportes que compõem uma rede de satélites totalmente integrada capaz de oferecer soluções de conectividade em 100% do território da América Latina. No total, a infraestrutura possui um espectro de 358 MHz e uma capacidade VNO de 106 Mbps. A empresa é licenciada para fornecer serviços via satélite em 11 países

Enquanto operam de forma independente, BT e Sencinet permanecerão parceiras comerciais. Nesta configuração, a BT será um cliente estratégico e um fornecedor da Sencinet.

Ativos e operações no escopo da transação geraram receita de £ 110 milhões para a BT no ano fiscal de 2018/19. Eles incluem duas redes de fibra próprias com comprimento total de 650 km, 2.000 km de linhas de fibra alugadas, quatro data centers e cinco teleportos. 

O CEO da Sencinet, Alex Ingles, diz que a empresa pretende se tornar a melhor e mais segura integradora de rede definida por software no continente, operando de forma totalmente integrada com clientes e fornecedores, com visibilidade completa e automação total da jornada do cliente.

Para isso, o executivo comenta que a estratégia inclui o lançamento de SD-WAN e soluções de segurança oferecidas por meio da estrutura proprietária da Sencinet reforçada pela construção de um ecossistema robusto composto por centenas de provedores de ISP na região. "Essa configuração nos permitirá melhorar rapidamente nossos resultados, expandindo a oferta de produtos e serviços cada vez mais personalizados e adaptados às condições e necessidades do mercado local", disse Ingles.

"Estamos muito entusiasmados com a reentrada no setor de telecomunicações global com a aquisição deste promissor negócio, a Sencinet. Temos uma experiência considerável na região e no setor, e estamos ansiosos para fazer o negócio crescer e fornecer o mais alto nível de serviço a todos os clientes da região. O negócio adquirido se encaixa muito bem com nossa estratégia e portfólio global existente", disse George Kappaz, presidente da CIH.

Sencinet

A Sencinet é uma provedora de serviços de rede totalmente gerenciada com conectividade de alta capacidade nas Américas. Com uma rede central de 16 países, 112 nódulos de rede domésticos, 4 data centers de alto nível totalmente gerenciados e uma rede de satélites totalmente integrada. A Sencinet fornece 100% de cobertura nas Américas para empresas, governo e outros clientes em toda a região.  A Sencinet vem projetando e fornecendo soluções de comunicação críticas da missão há décadas.

CIH Group

O CIH Group é uma parceria global de private equity com sede em Washington D.C. e Cingapura. A CIH assume o controle de empresas que fazem negócios em regiões de todo o mundo. Com operações atuais em 6 continentes, a CIH e suas afiliadas fizeram investimentos em vários setores da indústria.

Deixe seu comentário