51% das empresas latinas lucraram usando IA, diz estudo

0
15

O estudo The Cultural Benefits of Artificial Intelligence in the Enterprise, desenvolvido pelo Boston Consulting Group (BCG) e o MIT Sloan Management Review (MIT SMR), aponta que 51% das empresas que usam inteligência artificial (IA) na América Latina conseguiram lucrar com o uso da tecnologia – em 7% delas o retorno financeiro foi considerado elevado. Globalmente, 55% registraram lucro e 11% lucro elevado.

Segundo o estudo, a maior parte das organizações da região estão usando a tecnologia para desenvolver novas maneiras de gerar valor (52%), enquanto 33% focam na melhoria de processos já existentes. Os resultados foram semelhantes no mundo, com 55% e 22%, respectivamente.

Os impactos positivos da tecnologia também foram sentidos no dia a dia dos executivos e em suas equipes. Na América Latina, 71% dos que usam IA relataram que sua implementação melhorou a tomada de decisão dos times, 63% disseram que o trabalho se tornou mais eficiente, 71% sentiram melhoras na aprendizagem coletiva e 61% acreditam que a confiança da equipe melhorou.

Globalmente, os resultados foram semelhantes: a tomada de decisão melhorou para 68% dos respondentes, a eficiência do trabalho para 63%, a aprendizagem coletiva para 71% e a confiança para 58%.

Benefício não é só financeiro

Segundo o estudo, a IA promove benefícios não só financeiros, mas para a cultura empresarial. A pesquisa mostrou que o retorno que a tecnologia gera está conectado diretamente com a melhoria que a dinâmica das equipes apresentou depois de adotar a tecnologia.

Inovar com IA melhora a competitividade. Entre executivos da América Latina, 69% se sentem mais preparados para enfrentar a concorrência com o uso da tecnologia e 66% estão mais preparados para capturar oportunidades de negócio em outros setores.
A falta de confiança na IA pode prejudicar a adoção da tecnologia.

Quase metade dos respondentes latinos (44%) afirmam que os principais motivos para as pessoas não confiarem na IA é a falta de entendimento sobre o funcionamento da tecnologia e os poucos treinamentos práticos promovidos pelas empresas.

A IA eficaz para as equipes nem sempre gera retorno financeiro para a empresa. Enquanto 58% dos executivos concordaram que as equipes melhoraram em eficiência e tomadas de decisão com a IA, só 11% tiveram um grande retorno financeiro – na América Latina foram 7%.

O estudo sobre IA do BCG e MIT SMR é realizado anualmente e está em sua quinta edição. Foram consultados 2.197 executivos de nível gerencial em 106 países e de 28 setores da economia. Os pesquisadores também conduziram 18 entrevistas aprofundadas com executivos para compreender como a cultura de negócios afeta as implementações de IA e como a tecnologia afeta a cultura das empresas no dia a dia.

Deixe seu comentário