Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1 acelera na nuvem

0
8

A recente mudança para uma nova sede da International Publicity, responsável pela organização da etapa brasileira da Fórmula 1, provocou uma mudança profunda na infraestrutura de TIC da empresa, que passou a adotar soluções de cloud computing, desenhada pela Go2neXt Cloud Computing Builder & Integrator a partir de tecnologia Microsoft e contratada como serviço, com pagamento por ponto de acesso/funcionário.

Claudia Ito, diretora executiva da Interpub, empresa que organiza o GP Brasil
Claudia Ito, diretora executiva da Interpub, empresa que organiza o GP Brasil

Para Cláudia Ito, era fundamental aproveitar a migração para a nuvem para reduzir os custos do ambiente de ICT, projetando e implementando um modelo mais alinhado com os negócios da empresa. "A International Publicity atua o ano inteiro, mas demanda mais colaboradores – e, portanto, mais serviços de TI – nos meses que antecedem o Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1". Segundo a executiva, nesse período a equipe cresce e a necessidade de oferecer serviços de ICT aos colaboradores cresce junto. "Quando o GP Brasil termina, voltamos a um tamanho mais reduzido, com uma demanda mais limitada de tecnologia". A elasticidade do modelo de negócios da International Publicity alinha-se com os diferenciais da computação em nuvem, modelo também elástico.

Hoje, os colaboradores da International Publicity conseguem acessar as aplicações e recursos da empresa a partir de qualquer lugar, a qualquer hora e por meio de qualquer dispositivo. Outra vantagem conquistada foi o sincronismo de e-mails, contatos e agendas entre os diversos dispositivos do usuário. "Durante o GP Brasil de Fórmula 1, é essencial prover comunicação total entre a sede da empresa, o autódromo de Interlagos e onde quer que nossos profissionais estejam operando".

Outra vantagem da migração para a nuvem foi o baixo impacto disso nos processos de trabalho. "A mudança do ambiente Microsoft tradicional para a nuvem aconteceu de maneira tranquila e transparente para nossos funcionários", ressalta Cláudia. "É difícil perceber que estamos acessando aplicações e informações na nuvem, e não mais rodando em Caixa de dispositivos locais".

Segundo ela, todas essas conquistas apontam para o acerto da decisão de migrar para a nuvem. Ela ressalta o papel da integradora de soluções Go2neXt nesta empreitada. "Tive a oportunidade de contar com uma consultoria que trouxe para o nosso universo sua experiência em projetos de computação em nuvem e também nos ajudou a viabilizar financeiramente a implementação da TI no modelo on demand".

Lync propicia o reconhecimento de presença na rede

A equipe do GP Brasil conta com um ambiente na nuvem baseado no Office 365 na nuvem, por meio de uma rede Wi-Fi. Cada funcionário tem à sua disposição um desktop e um dispositivo móvel que atuam como ponto de acesso full (sem restrições) às aplicações e serviços na nuvem. Na International Publicity a principal plataforma na nuvem é o Microsoft Office 365 Midsize Business, que inclui o correio eletrônico Exchange Online. O projeto desenvolvido pela Go2neXt para a empresa provê caixas de correio corporativo na nuvem com até 50 GB por usuário.

O fato dos colaboradores da International Publicity usarem também o Microsoft Lync Online traz para este time recursos de reconhecimento de presença, mensagens instantâneas, chamadas de áudio e vídeo e web conferência. Através do recurso de reconhecimento de presença, os funcionários podem detectar rapidamente a disponibilidade de um colega de trabalho para uma provável consulta ou decisão empresarial. Além do software Microsoft, a Go2neXt forneceu também todo o hardware para este ambiente. Isso inclui notebooks rodando o Windows 8.1 com todos os periféricos e um servidor Windows Server 2012 para rede local. Essa máquina dedica-se a serviços de acesso à Internet, DNS e impressão.

Deixe seu comentário