Enel adquire 21% da Ufinet International, operadora de rede de fibra ótica na AL

0
53

Por intermédio da Enel X International, a Enel – concessionária de energia com atuação no Brasil, firmou acordo com uma holding controlada pelo Sexto Fundo Cinven, para adquirir, por 150 milhões de euros, cerca de 21% do capital social de uma empresa de veículos ("NewCo") para o qual 100% da Ufinet International serão transferidos. Este último é o principal operador atacadista de redes de fibra ótica na América Latina. Por sua vez, o Sexto Fundo da Cinven deterá cerca de 79% do capital social da NewCo.

Pelo acordo, a Enel X International terá o direito de exercer uma opção de compra para adquirir a participação do Sixth Cinven Fund entre 31 de dezembro de 2020 e 31 de dezembro de 2021, por uma contrapartida adicional de 1.320 a 2.100 milhões de euros, dependendo de vários negócios. indicadores-chave de desempenho (KPIs).

A Enel X International e o Sexto Fundo da Cinven controlarão em conjunto a Ufinet International, cada um exercendo 50% dos direitos de voto na assembleia de accionistas da NewCo. Caso a Enel X International não exerça sua opção de compra até 31 de dezembro de 2021, ela renunciará ao seu direito de controle conjunto sobre a NewCo. Nesse cenário, o Sixth Cinven Fund teria então o direito de vender sua participação com um "arrastão" [1] direto na participação da Enel X International, enquanto o último teria o direito de exercer uma "tag along" [2] no caso de o Sixth Cinven Fund vender abaixo de 50%.

"Nosso impulso positivo na América Latina continua com a aquisição da Ufinet International", disse Francesco Starace, CEO e gerente geral da Enel. "Após a conclusão bem-sucedida da reorganização de nossos negócios no Chile no início deste ano e a recente aquisição da Eletropaulo, esse acordo fortalece ainda mais nossa posição como operador de infraestrutura líder na região. A Enel X se beneficiará de nossa experiência na Itália através da joint venture Open Fiber para desenvolver serviços de ultra banda larga por atacado em sinergia com as redes de distribuição que operamos nos maiores centros metropolitanos da América Latina, onde a demanda por conectividade está crescendo rapidamente. "

O fechamento da transação, que o Grupo Enel financiará por meio de recursos próprios, está previsto para julho de 2018.

A Ufinet International, por sua dimensão, modelo de negócios e presença geográfica, representa para o Grupo Enel uma oportunidade significativa para acelerar o crescimento na América Latina no setor de ultra banda larga, que faz parte dos objetivos de negócios da Enel X, conforme previsto no Plano Estratégico 2018-2020 do Grupo Enel. Através desta transação, o Grupo se posicionará imediatamente no mercado latino-americano de serviços de valor agregado, acelerando seu desenvolvimento através de habilidades e tecnologias já consolidadas pela Ufinet International e abrindo-se para uma vasta base de clientes em uma região com altas taxas de crescimento e urbanização.

A Ufinet International opera em 14 países da América Latina [3], onde administra mais de 49.000 quilômetros de fibra, dos quais aproximadamente 17.000 em áreas metropolitanas, com uma carteira de contratos de longo prazo de cerca de 700 milhões de euros com grandes clientes industriais, incluindo grandes grupos multinacionais de telecomunicações. Em 2017, a Ufinet International gerou receitas de cerca de 159 milhões de euros. A empresa emprega cerca de 1.000 pessoas. A Ufinet International é uma empresa de infraestrutura de telecomunicações com um modelo de negócios que limita o risco dos investimentos. Além dos serviços de fibra ótica, a Ufinet International fornece serviços de ICT de valor agregado, como serviços em nuvem, por meio de sua subsidiária IFX.

Deixe seu comentário