FIS e Banco Bradesco renegociam contrato de serviços de processamento de cartões

0
32

A FIS, empresa de tecnologia de serviços financeiros, anunciou que assinou um acordo para desmembrar sua joint venture e entrar em um acordo. contrato comercial significativo de longo prazo para fornecer soluções e serviços novos e atuais ao Banco Bradesco. Os novos serviços a serem fornecidos incluem licenciamento e gerenciamento de aplicativos de software, migração de portfólio de cartões, terceirização de processos de negócios, gerenciamento de fraudes e serviços profissionais.

No fechamento, as partes desmembrarão todos os ativos da joint venture que atendem os clientes não-Bradesco e os ativos necessários para fornecer os serviços novos e contínuos que a FIS fornecerá diretamente ao Bradesco para uma nova entidade de propriedade da FIS. Isso incluirá, no fechamento, a transferência de aproximadamente 40% da força de trabalho atual da joint venture para a nova entidade FIS.

As transações estão sujeitas à aprovação do CADE e às disposições contratuais costumeiras, e devem ser concluídas até o segundo trimestre de 2019.

Essa mudança proporcionará à FIS maior flexibilidade e uma estratégia de entrada no mercado mais eficiente. A FIS vê o mercado latino-americano como uma região estratégica de longo prazo para o crescimento sustentado e continuará fazendo investimentos na região.

"Este é um marco significativo em nosso relacionamento contínuo com o Banco Bradesco e marca uma nova etapa na presença e crescimento do FIS no mercado brasileiro", disse Marianne Brown, diretora de operações globais da Financial Financials da FIS. "Esperamos continuar a fornecer serviços de processamento de cartões de alta qualidade para os mais de 40 milhões de clientes de cartões do banco e alavancar nossa experiência no mercado local para expandir nossos negócios com outros bancos e empresas brasileiros."

"Temos desfrutado de uma parceria bem-sucedida com a FIS por quase uma década, e esperamos seu apoio contínuo ao nosso negócio de pagamentos com cartão", disse Cesário Nakamura, diretor do Bradesco.

Deixe seu comentário