Flores Online cresce 30% em vendas em 2019

0
18

A Flores Online informa que encerrou 2019 com crescimento de 30%. Segundo a empresa, o resultado é fruto de um projeto que começou em 2017, com a chegada do Grupo Flora. A empresa vem se preparando para resgatar suas origens, reestruturando a marca, conhecendo melhor seus consumidores e, claro, apostando em produtos de qualidade.

Com isso, em fevereiro, a empresa apresentou o novo posicionamento com o conceito "Felicidade se Cultiva", abrangendo novo portfólio de produtos, com arranjos e buquês montados com produtos frescos e selecionados, de maneira artística e jeito criativo, tudo para cultivar a paixão pelas flores e ressaltar a beleza do caráter artesanal dos itens.

Outra ação que impulsionou o aumento nas vendas foi o desenvolvimento de um site 100% responsivo, possibilitando melhor navegação tanto por mobile quanto por desktop. "Investimos em tecnologia e tivemos uma tomada de crescimento exponencial logo no primeiro semestre, já atingindo nossas expectativas. Nossas vendas cresceram 30%, tivemos cerca de 23% novos clientes e o Grupo Flora faturou R?32 milhões de reais", conta Luiz Torres, CEO da Flores Online.

O Grupo Flora, gestores das marcas Flores Online, Isabela Flores e Uniflores, deu um passo importante no ano iniciando a expansão internacional no início do segundo semestre. O processo envolveu todas as áreas da empresa que precisou, por exemplo, preparar o site para ser visualizado em vários idiomas, possibilitando tirar dúvidas e prestar um atendimento de qualidade em outras línguas, bem como efetuar cobranças e fazer pagamento para atender mais de 30 países.

"Entendemos esse passo como algo natural dentro do nosso modelo de negócio, pois utilizamos o mesmo modelo de entregas via parcerias locais, que funciona no Brasil, para o restante do mundo. Isso nos permite romper as fronteiras geográficas assim como outros varejistas e plataformas de serviços, como Amazon, Aliexpress, Airbnb, Uber etc", explica Torres.

Para 2020, a Flores Online pretende repetir o crescimento de 30%, diversificando ainda mais suas categorias e parcerias, como das floristas Carol Costa e Juana Martinez. "Com a economia se recuperando, a confiança do consumidor aumenta, o que reflete diretamente no nosso segmento de flores e presentes. Temos muitas expectativas de um ano positivo tendo como prisma esse lado macro da economia. Com isso, pretendemos explorar mais a força da marca Flores Online e todas as suas competências, passando por tecnologia, logística, investimentos em branding e novos canais de vendas. Temos suporte do X8 Investimentos, podendo capitalizar novos aportes para 2020", finaliza o CEO.

Deixe seu comentário