Banco ABC acelera modernização de sistemas na nuvem

0
72

O Banco ABC Brasil recebeu uma homenagem da multinacional americana Informatica (85 da Fortune 100), ao lado de gigantes como Twitch e Unilever, por seus investimentos na modernização de seu sistema de cloud computing. Especificamente, pela velocidade e pela qualidade na implantação de sua Plataforma de Dados e Data Governance, projeto liderado por Rafael Kataoka, head de Dados e Segurança da Informação do ABC.

No processo de sua transformação digital, o ABC Brasil vem se tornando, cada vez mais, uma organização orientada a dados, isto é, tem como ponto central da tomada de decisão a utilização massiva de inteligência analítica.

Segundo Rafael, "com a estruturação de uma camada analítica de dados, o Banco está construindo soluções em produtos e serviços com melhores experiências para nossos clientes, construindo novos canais de relacionamento com modelos estatísticos que fazem a melhor gestão desses clientes", ressaltando que todas estas estratégias e iniciativas são para acompanhar os novos avanços e regulamentações como Open Banking, PIX e LGPD.

A homenagem é significativa por ser a Informatica uma das maiores empresas de gerenciamento de dados corporativos em nuvem do mundo, com mais de 17 trilhões de transações mensais em sua plataforma e mais de 200 serviços oferecidos para clientes como Unilever, Twitch, Johnson& Johnson e América Airlines, que este ano foram winners na premiação da empresa.

Nesta trilha de inovação digital, o Banco lançou, em abril, uma startup focada em antecipação de precatórios federais, estaduais e municipais para escritórios de advocacia e advogados, com vista a transformar a modelo de negócios deste segmento. Chamada de Celeris Precatórios, a plataforma vem ao encontro da necessidade de seus clientes, sejam pessoas físicas ou jurídicas, que possuem precatórios a negociar com o Banco e permite que os advogados se tornem também um canal remunerado de distribuição.

Segundo Pedro Begotti, superintendente de Novos Negócios e Inovação, a transformação digital da companhia passa por três fases importantes. "Primeiro tivemos um movimento de alinhamento cultural muito forte, que ajudou a empresa a enxergar novos métodos de trabalho. Depois estimulamos o Intraempreendedorismo e a criação de inovações pelos funcionários da casa. Agora, estamos abrindo as portas para que nossos clientes e parceiros possam cocriar o futuro dos serviços financeiros de forma conjunta".

Dentre as inovações recentemente lançadas pelo banco, destaca-se o Portal do Desenvolvedor, canal para que profissionais de tecnologia e interessados nos produtos e serviços do Banco possam conectar suas aplicações à estrutura de Banking as a Service da instituição, uma primeira camada de serviços que acompanha a implementação do Open Banking no Brasil. Nesta linha de negócio o banco possui uma carteira de fintechs e clientes corporativos que consomem serviços como Boleto de Cobrança, Transferências, Pagamentos, Pix, Conta Corrente, entre outros.

Deixe seu comentário