Kayak oferece aplicativo para organização de viagens

2

Os consumidores que usam o KAYAK para pesquisar suas viagens online não precisam mais imprimir documentos nem esperar em frente ao portão de embarque para saber se voo não atrasou. O aplicativo gratuito para smartphones e tablets, disponível para as plataformas iOS, Android e Windows conta com diversas funcionalidades, entre elas a aba My Trips, que disponibiliza todo o roteiro da viagem numa única tela.

Para ter todo o roteiro no dispositivo móvel, basta o usuário criar uma conta gratuita no KAYAK e reencaminhar os e-mails de confirmação de reserva de voos e hotéis para o e-mail: trips@kayak.com.br. "Nosso sistema realiza o upload automaticamente no perfil do usuário, criando um itinerário digital toda vez que ele encaminha suas confirmações para o nosso e-mail. Além de unificar todas as informações para fácil acesso no App, o KAYAK passa a monitorar qualquer mudança que ocorra na viagem, enviando notificações caso haja um atraso no voo ou modificação no portão de embarque", explica Nicolas Scafuro, diretor da empresa para a América Latina.

KAYAK_My_TripsSegundo dados do TIC Domicílios, divulgado recentemente pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), mais do que dobrou a porcentagem de brasileiros que acessa a internet por meio de celulares nos últimos dois anos. Cresceu 4% em 2010, 15% em 2011, 20% em 2012 e 31% em 2013. Hoje, 13% dos brasileiros já usam os celulares para comparar preços, segundo levantamento da empresa de consultoria empresarial McKinsey.

"A mesma pesquisa que o internauta faz em nosso website hoje faz também no aplicativo: compara mais de 500 mil hotéis e 550 companhias aéreas em todo o mundo. O site e o aplicativo funcionam interligados para facilitar a vida do usuário do KAYAK. E cada vez mais estamos utilizando os recursos disponíveis no smartphones para simplificar a vida do viajante", comenta Scafuro.

Atualmente, o KAYAK estuda novas formas de usar tecnologia mobile para aumentar a conveniência do turista. "Imagina o quanto não facilitaria utilizarmos a geolocalização para assim que o turista entrar no hotel, na data reservada, o check-in seja realizado automaticamente. Podemos ir mais além e utilizar o próprio smartphone como chave ou senha para entrar no quarto", idealiza Nicolas.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui