Caixa e Artemisia financiarão negócios com soluções inovadoras em serviços financeiros

0
3

A Caixa Econômica Federal e a Artemisia lançaram nesta segunda-feira, 3, o programa "Desafio de Negócios de Impacto Social – Educação Financeira e Serviços Financeiros para Todos", que vai selecionar em todo país negócios com soluções inovadoras em serviços financeiros para a população de baixa renda.

Para a primeira etapa, serão escolhidos no máximo 15 negócios que receberão até R$ 15 mil cada para testes e refinamento do modelo de negócio. Na segunda etapa, cinco empreendedores serão selecionados e receberão até R$ 200 mil para pilotarem as soluções no público beneficiário. As inscrições estão abertas até 30 de outubro e podem ser feitas no site http://www.artemisia.org.br/desafiocaixa

Segundo a Caixa e a Artemisia, o programa tem alto potencial de impacto social por meio da inclusão financeira de milhares de pessoas da população de menor renda. O objetivo da iniciativa é mudar a realidade de muitos brasileiros por focar em um setor estruturante para transformação do país via inclusão financeira.

O recurso de apoio ao projeto tem origem no Fundo Socioambiental Caixa, que recebe até 2% do lucro líquido da empresa e os destina para ações e projetos estruturantes de caráter socioambiental alinhados à promoção do desenvolvimento sustentável, da inclusão social e da cidadania.

São elegíveis empreendedores de todo o Brasil, que apresentem soluções já validadas no mercado ou em fase de validação, focados em educação financeira, produtos ou serviços financeiros.

Para Jean Rodrigues Benevides, gerente Nacional de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental da Caixa, o desafio de promover a inclusão financeira de forma sustentável é elevado e exige um conjunto de ações inovadoras. "A Caixa decidiu apoiar a aceleração de negócios de impacto social para buscar soluções inovadoras e escaláveis para melhoria contínua do relacionamento e dos negócios com nossos clientes, especialmente a população de baixa renda", declara.

A expectativa da Caixa e da Artemisia é que, ao final do processo, existam soluções escaláveis e acessíveis à população de baixa renda, capazes de ampliar a educação e a inclusão financeira. O programa é uma oportunidade de os empreendedores focados em serviços financeiros se aproximarem de uma organização referência no tema como a Caixa, que tem grande conhecimento no que se refere ao público de menor renda. Além de receberem o apoio da Artemisia para o refinamento de impacto social de suas soluções.

O recurso de apoio ao projeto origina-se do Fundo Socioambiental da Caixa, que recebe até 2% do lucro líquido da empresa e os destina para ações e projetos estruturantes de caráter socioambiental alinhados à promoção do desenvolvimento sustentável, da inclusão social e da cidadania.

Duas etapas

Serão selecionados até 15 negócios na primeira etapa. Nesta fase, os empreendedores receberão mentorias das equipes da Caixa e da Artemisia para refinar suas propostas. Cada negócio receberá R$ 15 mil para investir em explorações de campo, entrevistas ou grupos focais com o público-alvo a fim de testarem hipóteses. As soluções serão apresentadas a uma comissão julgadora formada por colaboradores da Caixa, equipe Artemisia, e especialistas em empreendedorismo de impacto e setoriais.

Na segunda etapa serão selecionados até cinco empreendedores, que poderão receber até R$ 200 mil para pilotarem suas soluções diretamente com o público-alvo beneficiário. O tempo previsto para o piloto é de até seis meses.

Deixe seu comentário