Segurança do trabalho na era da tecnologia

0
23

Sem dúvida alguma, corremos riscos a todo o momento, seja atravessando uma rua, fazendo algum serviço domestico ou executado tarefas do nosso cotidiano. E é exatamente no trabalho onde corremos o maior risco.

De acordo com dados mais recentes do Dieese, referente ao Anuário de Saúde do Trabalhador, acidentes com trabalhadores cresceram 43% em 10 anos. Isso equivale a 559 mil casos em 2013, ano no qual obtiveram os últimos dados sobre o assunto. Entre esses episódios, o mais típico são os acidentes que ocorrem na execução do serviço, 77% do total.  Com isso, houve aumento do número de afastamentos. Em 2014, esse tipo de afastamento saltou de 22 mil para 47 mil.

De um lado há o dano físico e mental ao ser humano e não há nada que pague ou recupere. Do outro, um prejuízo enorme para as empresas, pois além da assistência ao funcionário e seus familiares, vão contar com um funcionário a menos. Para evitar esse transtorno e até a perda de uma pessoa, existem no mercado tecnologias de ponta que podem auxiliar na diminuição desses números tristes de acidentes no trabalho.

Na empresa que coordeno, por exemplo, desenvolvemos um dispositivo, denominado de Beacon, que pode monitorar funcionários em ambientes fechados e abertos. Para entender melhor, o Beacon é um dispositivo de baixíssimo consumo de energia que usa transmissão via Bluetooth para enviar ou receber informações a antenas de um perímetro, conectadas a uma central inteligente de processamento capaz de produzir os mais diferentes gráficos analíticos.

Com o Beacon é possível atuar tanto na prevenção do acidente de trabalho quanto na ação de emergência caso ele ocorra. Esse dispositivo foi desenvolvido para ser acoplado ao crachá do funcionário, e com isso garante ao gestor da operação um controle efetivo sobre o mesmo. Um coordenador de equipe pode saber, por exemplo, em tempo real, quem está em sua planta; onde cada colaborador se localiza naquele momento; se os colaboradores que trabalham nas zonas de risco estão com os certificados de habilitação em dia etc. Ainda pode receber alarmes caso haja alguma evasão do perímetro ou se um funcionário ficar imóvel por muito tempo.

Caso ocorra uma tragédia dentro de uma empresa, o gestor, através dessa tecnologia, pode saber onde estão todos os funcionários e conferir se todos realmente se deslocaram ao ponto de resgate. Ou ainda, se existem colaboradores perdidos, imóveis, presos ou acidentados em determinadas áreas, direcionando assim um socorro mais eficiente aos locais críticos.

O dispositivo funciona de forma tão completa que o próprio funcionário pode receber mensagens SMS em seu celular com alertas de documentação vencida, de evasão em caso de acidentes, ou um aviso instantâneo de que está tentando entrar em uma zona não autorizada.

A tecnologia pode e deve ser usada ao nosso favor. Não só para melhorar nosso desempenho e eficiência no trabalho, nos auxiliar na comunicação, mas também para salvar e preservar vidas, o que possuímos de mais sagrado!

Hudson Carvalho, CEO da CH Tecnologia.

Deixe seu comentário