ManageEngine amplia segurança com novos recursos para solução de gerenciamento unificado de endpoint

0
26

A ManageEngine, divisão de gerenciamento de TI da Zoho Corporation, anuncia a incorporação de novos recursos de prevenção de perda de dados para endpoints, anti-ransomware e conformidade de endpoints à sua solução unificada de gerenciamento de endpoints (UEM), a Desktop Central. As novidades de tecnologia em segurança foram divulgadas durante a GITEX Technology Week, que ocorreu no Dubai World Trade Centre.  

Com a adoção crescente do trabalho remoto, as organizações têm notado um pico de quase 500% nos ataques de ransomware, que contribuem para a evolução do cenário de ameaças cibernéticas e impactam profundamente a continuidade dos negócios das empresas afetadas.  

Pensando em ajudar as companhias a evitarem possíveis exposições, a ManageEngine desenvolveu recursos anti-ransomware que ajudam na detecção de possíveis ataques em tempo real, na recuperação ininterrupta de dados e na análise de causas raiz, para que as organizações e suas estruturas de segurança cibernética possam se proteger de ameaças antecipadamente.  

A ManageEngine observou em sua Pesquisa de Prontidão Digital de 2021 que 83% dos entrevistados em todo o mundo registraram um aumento nos riscos de segurança por conta do regime de trabalho remoto. Para garantir um acesso seguro aos dados corporativos em meio a ameaças cibernéticas, as organizações implantaram uma combinação de soluções como Secure Access Service Edge, corretores de segurança de acesso à nuvem e Zero Trust. Entretanto, as empresas ainda precisam garantir a segurança dos dados corporativos e evitar a perda de informações nos endpoints dos funcionários.  

Por isso, a empresa ainda adicionou recursos de prevenção de perda de dados em endpoints com o objetivo de permitir que os clientes restrinjam o compartilhamento de dados a e-mails confiáveis, periféricos e aplicações em nuvem seguras, tudo a partir de seu ambiente UEM vigente. Para garantir a segurança contínua, as organizações precisam permanecer em conformidade com os padrões regulatórios da indústria. A ManageEngine permite isso com sua mais recente extensão, que ajuda as organizações a cumprirem com a conformidade CIS para endpoints, por sua vez, em conformidade com PCI DSS, HIPAA, FISMA e outras estruturas regulatórias alinhadas com CIS Benchmarks, programa de Referências de Segurança da CIS (Center for Internet Security).  

"A pandemia mudou a maneira como trabalhamos, pois distribuiu uma força de trabalho, anteriormente centralizada, para um modelo de trabalho híbrido – e criminosos cibernéticos se apoiam em tais mudanças para aumentar a complexidade dos ciberataques. As empresas precisam fazer melhorias constantes em sua infraestrutura de cibersegurança para enfrentar essas novas ameaças", afirma Mathivanan Venkatachalam, vice-presidente da ManageEngine. "A ManageEngine se esforça para continuar agregando recursos de segurança aprimorados à sua solução UEM, a fim de ajudar as organizações a combaterem o atual cenário de ameaças sem a necessidade de novos agentes e estruturas de TI."  

A ManageEngine foi reconhecida como a escolha dos clientes no Gartner Peer Insights para ferramentas de gerenciamento de endpoint unificado, com uma classificação geral de 4,5 de 5 em UEM, além de ser uma empresa com "Tendência a Recomendar" para 87% dos participantes na categoria de ferramentas UEM. A qualificação foi baseada nas avaliações dos clientes recebidas até 30 de novembro de 2020.  

Preços e disponibilidade 

As novas funcionalidades estão disponíveis na solução UEM da ManageEngine por US$40 ao ano, por cada licença. As novidades também estão disponíveis para um teste totalmente funcional de 30 dias, bem como a edição gratuita, com capacidade de gerenciamento de até 25 endpoints, destinada à startups e pequenas empresas.

Deixe seu comentário