GoContact inicia oferta de serviços de contact center na nuvem para o mercado brasileiro

0
11

Empresa especializada de origem portuguesa em soluções de Contact Center na nuvem, a GoContact divulga o início de suas operações no Brasil para atender o mercado de prestação de serviços de contact center, com foco no mercado de BPO, companhias com operações globais e empresas de médio porte em todos as áreas de atividades. 

Para liderar a operação contratou João Mendes como CEO, um profissional com mais de 20 anos de experiência no segmento, que já está montando as equipes de pré e pós-implantação e parcerias com canais de comercialização.      

Ele explica que recentemente a GoContact foi adquirida pela Broadvoice, da Califórnia, tornando-se parte de um grupo global norte-americano, e posicionando-se como o "único provedor de contact center as a Service-CCaaS para BPO's presente nos 4 continentes". 

Com isso, o grupo passará a contabilizar 325 colaboradores, 50% na área de desenvolvimento e dez data centers na América do Sul, EMEA e Estados Unidos. Em 2020 a empresa conquistou 140 clientes em 2020 e 164 até outubro passado, para prestação de serviço de CaaS. 

Mendes explica que área de desenvolvimento da empresa resultante da aquisição será comandada pelos CTO da GoContact, o que garante o suporte e evolução da plataforma aos atuais clientes. 

A qualidade da tecnologia lhe garantiu  prêmio de Excelência 2021, como como melhor projeto de inovação tecnológica o case  ASR de Linguagem Natural da GoContact, implementado na Generali Portugal, grupo onde a eficiência do serviço frente às necessidades do cliente é o grande diferencial. O objetivo do projeto foi disponibilizar ferramentas self-service e a melhor experiência de contato entre os clientes e a empresa de seguros, utilizando a voz e evitando a navegação lenta por meio de IVR tradicional. 

Também recebeu o Prêmio de Excelência Espanhol e a medalha de prata na categoria de Tecnologia do Prêmio APCC Best Awards, da Associação Portuguesa de Contact Center. 

A empresa desenvolveu de raiz a sua plataforma de voz nativa em cloud para reduzir a complexidade tecnológica na gestão de contact centers, que pode ser hospedada em nuvem como AWS, Azure ou do próprio cliente. 

Por ser bastante flexível, o cliente pode atualizar o serviço em rela time. "Por exemplo, quando ocorre uma tempestade, uma cia de energia elétrica consegue mudar a fraseologia de uma URA em real time para atender a situação de emergência, quando antes demorava um dia", exemplifica.

Deixe seu comentário